Celebridades

Marina Liberato, filha de Gugu explica porque não mora mais com o irmão

Após ser questionada por um fã nas redes sociais, a filha do apresentador Gugu, Martina Liberato, explica porque não mora mais com seu irmão, João Augusto.

3 min de leitura
14 Dez 2021 - 14h51 | Atualizado em 14 Dez 2021 - 14h51

A filha do falecido apresentador Gugu Liberato, Marina Liberato contou para os fãs o real motivo de não morar mais com o irmão mais velho, João Augusto Liberato, a moça contou que o primogênito se mudou por conta da faculdade e da namorada. Gugu, morreu em novembro de 2019, aos 60 anos, após acidente doméstico em sua casa, nos Estados Unidos. "Ele foi para a faculdade, que é um pouco longe da nossa casa. Então, ele preferiu morar perto com a namorada dele", contou a jovem, após ser questionada por um seguidor sobre o fato dos irmãos aparecerem pouco juntos.

Vale lembrar que João Augusto e as irmãs, Marina e Sofia Liberato, se envolveram em brigas entre si neste ano por conta da partilha de bens de seu pai. O desentendimento aconteceu após as filhas se manifestaram contra João e a tia, Aparecida Liberato, irmã de Gugu e nomeada a inventariante da fortuna, e estarem a favor da mãe no processo de reconhecimento de união estável com o pai.
 
Em novembro, Marina explicou nas redes que não estava brigada com João devido à herança do pai. A briga entre eles estourou depois das meninas se manifestarem contra a tia, Aparecida Liberato, em um vídeo que viralizou na internet. Inventariante do irmão, é ela quem controla o dinheiro que as adolescentes recebem - as duas reclamaram que ganham um valor baixo comparado ao irmão e à avó e que a tia não aceitou dar uma aumento de mesada, que hoje é de 500 dólares (R$ 2,6 mil), para 2.500 (R$ 13 mil). Sofia virou meme por dizer que não ficou feliz por não poder comprar um Porche, que tanto sonhava.

Os filhos de Gugu (Reprodução/Instagram)


As meninas também apoiam a mãe, Rose, em sua luta para ser reconhecida como mulher de Gugu e não apenas mãe de seus filhos, o que daria à médica direito à herança do apresentador. Em seu testamento, Gugu, que deixou cerca de R$ 1 bilhão entre imóveis e ativos, determinando  que 75% de tudo possuía ficasse com os filhos (25% para cada) e os outros 25% fossem divididos em partes iguais entre os cinco sobrinhos.
 
Foto Destaque: Martina Liberato Reprodução/Instagram

Deixe um comentário