Celebridades

Ator André Gonçalves recebe mais um pedido de prisão por pensão

Após o ator André Gonçalves ter prisão decretada pelo não pagamento de pensão alimentícia da filha Manuela, de 23 anos, agora está com outro pedido em andamento, feito por sua outra filha Valentina, de 18. A dívida já chega a quase R$ 500 mil.

3 min de leitura
14 Dez 2021 - 12h15 | Atulizado em 14 Dez 2021 - 12h15

O ator André Gonçalves, de 46 anos, está com mais um pedido de prisão, por não ter feito o pagamento da pensão alimentícia de sua filha mais velha, Manuela, de 23 anos, com a atriz Tereza Seiblitz. A estudante de cinema deu continuidade ao processo que a mãe dela movia contra André na Justiça do Rio. O artista já teve a prisão domiciliar decretada pela Justiça de Santa Catarina pelo mesmo motivo, mas através de sua filha do meio, Valentina, de 18 anos, do relacionamento com a jornalista e atriz Cynthia Benini, e está aguardando a tornozeleira eletrônica em casa, no Rio de Janeiro. André é atualmente casado com a atriz Danielle Winits e também é pai de Pedro Arthur, de 20 anos, com Myrian Rios. 

A revista "Quem" procurou o advogado de André, Sylvio Guerra, que explicou que quando o ator trabalhava na Globo as pensões dos três filhos eram descontadas direto da folha de pagamento, mas quando saiu do emprego, ele entrou com um pedido de revisão das pensões alimentícias das duas filhas, mas as duas não aprovaram o valor oferecido pelo pai, apenas o filho concordou com o valor que já era pago.

"Os processos da Valentina e da Manuela correm paralelamente desde 2016. Em 2017, nós tentamos - através de uma revisional de alimentos - um acordo, mas elas não concordaram. Depois de quatro anos de briga, conseguimos um acordo com a Manuela. Ficou determinado que o André pagaria R$ 10 mil, depois mais R$ 10 mil e mil reais por mês. Ele conseguiu pagar os R$ 10 mil. Mas não conseguiu honrar com os mil reais mensais e ela prosseguiu pedindo o valor total e pedindo a prisão dele. Só que ele continua desempregado e está com prisão decretada", Sylvio explicou.

 

https://lorena.r7.com/colunista/Alanis-Meira/post/Xuxa-e-Mara-Maravilha-ficarao-frente-a-frente-em-documentario

https://lorena.r7.com/colunista/Alanis-Meira/post/Pedro-Scooby-causa-polemica-ao-chamar-nova-esposa-de-maezona

https://lorena.r7.com/colunista/Alanis-Meira/post/Viih-Tube-ganha-anel-de-Lipe-Ribeiro-durante-show-de-Dennis-DJ


Ele relatou que André está arrasado com toda a situação. "Estou aguardando a decisão do juiz da 4ª Vara de Família da capital sobre o processo da Manuela (que cobra pensão mensal de R$ 6 mil, não aceitou o pagamento atrasado do acordo de R$ 20 mil oferecido por André no último mês de outubro e agora também pede a prisão do pai por uma dívida de R$ 109 mil). O André deposita sempre que pode e está tudo provado dentro do processo. A Manuela é maior de idade, cursa cinema na PUC, onde tem bolsa integral. Levei para a Justiça tudo o que ela posta nas redes sociais: viagens internacionais, bolsas de grife. Ela já pode trabalhar. Eu entendo [as ações na Justiça] como perseguição das filhas contra o pai. Ele está mal".

O advogado ainda contou que trabalha de forma gratuita para André. "Conheço a situação financeira dele e não poderia deixar um grande amigo, de mais de duas décadas, na mão, sem apoiá-lo com aquilo que entendo na minha vida, que é o Direito. O André não me paga absolutamente nada. Sempre me pagou em mais de duas décadas. As pensões [dos três filhos] eram descontadas em folha. Mas ele foi demitido. Estamos unidos, estou bastante empenhado no caso dele, que tem todo o meu carinho e a minha solidariedade. Estou triste com ele. Mas sei separar a razão da emoção. São cinco anos conseguindo a liberdade dele. Elas [Manuela e Valentina] sempre requereram a prisão do pai, desde 2017. Desde então começou a perseguição com os pedidos de prisão", destacou.

A "Quem" procurou também pelas advogadas de Manuela e Cynthia, respectivamente, Juliana Lima dos Santos e Stella Marys Silva Pereira de Carvalho, mas nenhuma retornou o contato.


André Gonçalves e filha Valentina durante o período da pandemia (Foto: Reprodução/ Instagram)


Após as notícias na mídia sobre o pai, Manuela postou uma indireta no Instagram Stories nesta segunda-feira (13). Opinou sobre a declaração que André fez criticando a rigidez da lei por prender quem não tem condições de pagar a pensão. "Curiosidade do dia: mais de 5,5 milhões de pessoas não têm pai no registro e cerca de 12 milhões de mães chefiam lares sozinhas no Brasil", Manuela postou.

Em entrevista ao jornal O Globo, André discordou que a prisão seja solução por não pagar pensão. "É cruel essa lei (pensão alimentícia) determinar a prisão em cárcere privado porque ela não resolve. Eu não tenho R$ 350 mil e nem R$ 110 mil. Eu vou preso. Então eu acho desproporcional porque como sou um trabalhador autônomo não posso pagar R$ 6 mil para um e R$ 4,5 mil para outro. Me sinto no paredão de fuzilamento. Não sou uma pessoa má. Nunca fui com eles. Um filho fazer isso com um pai. O meu advogado sabe o tamanho do meu desespero, do meu sofrimento, porque principalmente se trata de pessoas que eu tenho afeto, que eu tenho amor, que eu convivo há 20 anos, então nos últimos cinco anos eu me sinto um foragido, achando que a qualquer momento eu serei preso, sem o direito de defesa. A gente entrou na Justiça, tentou a revisão, tentou acordo com as mães, e não foi aceito", disse o ator.

 

 

Foto Destaque: André Gonçalves Reprodução/ Instagram

Deixe um comentário