Cinema/TV

Margot Robbie, a Arlequina em Esquadrão Suicida diz que seu corpo está em 'Zona de Guerra' após as filmagens

A atriz Margot Robbie, contou a Vogue Britânica que as cenas de ação, características da personagem Arlequina, do filme Esquadrão Suicida, deixaram marcas em seu corpo pelas acrobacias exigidas e deseja que tenha mais dublês femininas em Hollywood.

3 min de leitura
02 Jul 2021 - 14h16 | Atulizado em 02 Jul 2021 - 14h16

A Atriz Australiana de 31 anos, Margot Robbie, contou a edição da Vogue Britânica que as intensas cenas de ação, características da personagem Arlequina, deixam marcas em seu corpo, muito pelas acrobacias exigidas e pede mais dublês femininos em Hollywood. A intérprete da Namorada do Coringa, diz que essas cenas exigem que o corpo dela viva em uma "Zona de Guerra" e que luta para que mais mulheres consigam trabalho em filmes de ação, para acabar com os estereótipos e aumentar os salários delas.

Na declaração a edição Inglesa da revista , Margot diz que fazer cenas de tensão fez ela ter alterações fisiológicas e suas respostas a adrenalina que elas exigiam em produções de Hollywood, Robbie observou que, ao voltar do set para casa, no filme Bombshel, o drama que interpretou em 2019, sobre funcionários que tinham como objetivo expor abusos sexuais do CEO da Fox News, Roger Ailes, ela sentia suas mãos tremendo “Há algo fisiológico que acontece com você quando você está agindo, mesmo que seu cérebro saiba que tudo isso é fictício".


Margot Robbie, em "Aves de Rapina" como Arlequina (Reprodução/Warner Bros. Pictures)


Ela declarou que em filmes como Esquadrão Suicida, seu maior sucesso e Birds of Prey de 2020, sobre a produção da Dc Comics e da Warner, a atriz fala que "aquelas enormes corridas épicas de heróis de guerra as meninas nunca conseguem" .

Ainda sobre a tensão nessas cenas, ela fala que afeta até seu sono “porque, bem, meu corpo pensa que acabou de passar por uma zona de guerra” e ainda fala de seu problema desde a infância com a enxaqueca "estar no set pode ser o pior lugar".

“Eu tomo meu remédio, sento no trailer e peço para eles fazerem minha maquiagem no escuro", disse a atriz sobre seus "perrengues" nos sets de gravação.


James Cameron estava sob efeito de Ecstasy quando roteirizou Exterminador do Futuro 2

James Franco pagará R$ 11 milhões por exploração sexual

The Joker 2: Todd Phillips estaria Co-escrevendo o filme, produzido pela Warner Bros. Pictures 


Apesar das adversidades, a atriz que adora essas cenas de ação "aquelas cenas, onde tudo está explodindo ao seu redor e você faz isso na hora certa”, são “muito, muito divertidas”, isso além do aumento salarial das mulheres é o que Robbie luta como produtora e cofundadora do estúdio de produção LuckyChap Entertainment. Ainda vê as mulheres com pouco espaço em filmes de ação e quer mais da ausência feminina em Hollywood. Recentemente, pediu uma vilã feminina em seus filmes da DC Comics, como a rival de Batman "Hera Venenosa".

“Do ponto de vista empresarial ou estatístico, esses são os empregos bem remunerados. Então, eu realmente quero defender as mulheres que escrevem filmes de ação de grande sucesso, disse ela. “E também, a percepção de que as mulheres não estão interessadas em ação é ridícula", finalizou.

 

Foto Destaque: Margot Robbie, a Arlequina em Esquadrão Suicida diz que seu corpo está em 'Zona de Guerra' após as filmagens (Reprodução/Warner Bros. Pictures)

Deixe um comentário