Cinema/TV

James Cameron estava sob efeito de Ecstasy quando roteirizou Exterminador do Futuro 2

Em entrevista ao portal Ringer, o diretor de cinema James Cameron contou que a ideia de mostrar o protagonista John Connor mais jovem em Exterminador do Futuro 2, partiu de uma viagem alucinógena da droga ecstasy e uma música do cantor Sting.

3 min de leitura
02 Jul 2021 - 13h51 | Atulizado em 02 Jul 2021 - 13h51

Em entrevista ao portal Ringer, o diretor de cinema James Cameron contou que a ideia de mostrar o protagonista John Connor mais jovem em Exterminador do Futuro 2, partiu de uma viagem alucinógena da droga ecstasy e uma música do cantor Sting. O clássico de Arnold Schwarzenegger completa 30 anos de lançamento, nesta sexta-feira (2).

"Eu estava lá sentado, doidão de ecstasy, rabiscando algumas ideias para O Exterminador do Futuro, e uma música de Sting estava tocando em que ele canta: 'Espero que os russos amem os seus filhos também'" comentou o diretor de filmes Hollywoodianos.

"Então eu pensei: 'Sabe, ele está certo. A ideia de uma guerra nuclear é completamente antitética à vida'. Foi daí que veio a ideia de mostrar John como um garoto”, continuou o diretor. James ainda comentou que foi Linda Hamilton quem teve a ideia, de que Sarah Connor fosse colocada em um hospício, obrigando o protagonista a viver em lares adotivos.

James ainda afirmou que a escolha do visual do Vilão, T-1000, que vira policial, não foi à toa: "Ele representa quando nós, como seres humanos, nos tornamos exterminadores. Quando aprendemos a não ter compaixão. Este não é um filme sobre máquinas, mas sobre quando nos transformamos em máquinas" finalizou.


                                      Arnold Schwarzenegger em Exterminador do Futuro 2 (Reprodução/ Carolco Pictures)


Velozes e Furiosos 9: segundo estrela da franquia, mulheres da saga receberão justiça

Friends The Reunion: China corta cenas com BTS, Lady Gaga e Justin Bieber

The Joker 2: Todd Phillips estaria Co-escrevendo o filme, produzido pela Warner Bros. Pictures


A Franquia dos ciborgues dominadores mundiais faz muito sucesso até hoje, e irá ganhar animação na Netflix, com o roteirista Mattson Tomlin, o mesmo que trabalha em "The Batman" e outras produções da empresa Americana de Streaming, como "Power". Exterminador do Futuro, virá em forma de Anime para a Netflix, Mattson será Co-produtor executivo da animação. Em entrevista ao "The Hollywood Reporter", o Americano se mostra honrado em “abordar o Exterminador do Futuro de uma maneira não-convencional que subverta expectativas e tenha coragem”

A Skydance será responsável pela produção do anime com a Production I.G, responsável pela produção mais recente de "Ghost in The Shell', ficará também com a produção da nova série, que não tem previsão de estreia, e não se sabe em que momento da franquia, irá se passar o anime sobre a franquia de robôs assassinos.

A Franquia de Filmes de Exterminador do Futuro, conta com 6 filmes e uma série Live-action, entre 1984-2019, o último filme da série de longas criada pelo diretor James Cameron, foi Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, dirigido pelo Tim Miller e ignora todas as continuações desde o segundo filme da franquia, que completa hoje (2) 30 anos, e é um grande marco para a história da série de filmes. Ainda não há mais informações sobre o anime que seria produzido pela Netflix, e que foi anunciado em fevereiro de 2021.

Foto Destaque: James Cameron estava sob efeito de Ecstasy quando roteirizou Exterminador do Futuro 2 (Reprodução/Carolco Pictures)

Deixe um comentário