Esportes

Letícia Bufoni diz se sentir realizada e almeja medalha em próxima olimpíada

A atual campeã dos X-games, um dos maiores nomes no cenário mundial do esporte, uma das representantes do Brasil no skate em Tóquio, Letícia Bufoni diz almejar participar da próxima olimpíada.

3 min de leitura
16 Ago 2021 - 15h17 | Atulizado em 16 Ago 2021 - 15h17

A atual campeã dos X-games, um dos maiores nomes no cenário mundial do esporte, uma das representantes do Brasil no skate em Tóquio, Letícia Bufoni diz almejar participar da próxima olimpíada.

Quem acompanhou as competições de Tóquio ao longo das últimas semanas, principalmente o Skate Street, categoria da medalhista de prata Rayssa Leal, com certeza também viu a grande atleta Letícia Bufoni, que foi, ao lado da fadinha e Pâmela Rosa, representante do Brasil na modalidade. Letícia, apesar de não ter se classificado para fases finais da competição, sentiu gosto das emoções de jogos olímpicos e almeja voltar a competir.


Quem segura o PSG? Com possível saída de Mbappe, clube irá atras atrás de Cristiano Ronaldo na próxima temporada

Flamengo goleia Olímpia no Paraguai e leva vantagem para chegar ás semifinais da Libertadores

Lionel Messi fala pela primeira vez como jogador do PSG: 'espero que seja um ano extraordinário para nós'


Quando eu era mais nova, pensava que, se um dia fosse aos Jogos Olímpicos, iria querer me aposentar logo depois. Mas agora que aconteceu, estou muito ansiosa para a próxima edição e quero participar de várias. Quem sabe trazer uma medalha?” disse a atleta.

Após se recuperar de  lesões em 2019, quase embarcando para Tóquio, a brasileira se tornou a mulher com mais medalhas na história dos X Games em sua categoria, ganhando o 6° ouro da competição, considerada a principal para esportes radicais. No total, a brasileira garantiu 12 medalhas em suas participações. Após ser "madrinha" de Rayssa Leal durante os jogos olímpicos de Tóquio, Letícia comenta sobre apelido de Xuxa que tomou conta de suas redes sociais.

É incrível saber que tem meninas mais jovens se inspirando em mim, seguindo meu caminho. Foi muito gratificante estar ao lado delas nos Jogos, dá orgulho.” conta a campeã.


(Foto: Divulgação Instagram Letícia Bufoni)


Tentando trilhar caminhos diferentes dos seus, que quando iniciou seu percurso no Skate não encontrou nenhuma referência, Letícia ajuda jovens que querem seguir seus passos no esporte.

Meu papel é incentivar mais meninas a andar de skate, a ganhar medalhas e a continuar competindo e evoluindo. Me chamavam de Maria João por usar roupas masculinas, porque eu não sabia que podia me vestir de outra forma para andar de skate.” completou. 

Por ser campeã de todas as modalidades que disputou, o peso e a pressão caem sobre suas costas, muitas vezes vindo de si mesma.

Já venho competindo há tantos anos, já ganhei todos os campeonatos, então há uma expectativa em cima de mim, de que vou ganhar medalha. Eu mesma me coloco essa pressão porque gosto de vencer e estar no pódio.”, confessa.

Mas como todo brasileiro, sabemos nos levantar quando caímos, principalmente se tratando de mulheres fortes e skatistas. Isso é o mais importante. Conseguimos transmitir a energia do skate, de que não precisa andar para seguir esse estilo de vida e também não precisa ser profissional para se divertir.”, encerra Letícia.

 

Foto Destaque: (Divulgação Instagram Letícia Bufoni)

Deixe um comentário