Notícias

Imunização de crianças em Israel contra a Covid-19 tem início

A imunização de crianças com idades entre 5 e 11 anos contra a Covid-19 teve seu início no dia 22, na segunda-feira desse mês de novembro em Israel, campanha realizada na Praça Tel Aviv.

3 min de leitura
23 Nov 2021 - 20h15 | Atulizado em 23 Nov 2021 - 20h15

Nesta segunda-feira, dia 22 de novembro, teve início a vacinação da primeira dose da Pfizer/BioNtech em crianças de 5 à 11 anos de idade em  Israel. Uma prevenção a mais para imunizar a população do contagio do vírus que, aproximadamente, por cerca de dois anos vem disseminando a doença de forma crescente e arrasadora.

 

Após mal se recuperarem da quarta onda que aconteceu em junho e de começarem a ter uma melhora considerável no mês de setembro, Israel sofre mais uma vez nas últimas duas semanas de novembro com o contágio que vem causando a morte de milhões de pessoas já a um bom tempo.


Primeiro-ministro de Israel em meio às eleições do dia 23 de março (Foto: Reprodução/Menahem Kahana/Pool/Reuters/exame.)


Assim sendo, mais da metade das crianças tem sido vítima de infecções durante esses dias, levando ao começo de uma campanha feita na segunda-feira dessa semana em meio a Praça Tel Aviv, para que crianças e jovens recebam suas tão aguardadas doses do imunizante contra a Covid-19, considerado um evento de nível mundial, nessa terça-feira (Hoje), trazendo a tranquilidade de volta para a vida de seus pais.

Katy Bai Shalom fornece um relato após seus filhos terem sido vacinados no dia de ontem: “As crianças vão para a escola, se misturam com outras crianças, e estão fazendo muitas atividades sociais. Estamos muito animados para vaciná-las e voltar à vida normal”.

 

https://lorena.r7.com/post/Nao-existe-idade-para-o-conhecimento-diz-idoso-que-faz-o-Enem-pela-primeira-vez-neste-domingo

https://lorena.r7.com/post/Anvisa-recebe-pedido-da-Janssen-para-a-inclusao-da-dose-de-reforco-na-bula

https://lorena.r7.com/post/Sonho-de-jovem-e-ser-a-primeira-pessoa-da-familia-a-entrar-em-faculdade


Segundo pesquisa feita pelo Ministério da Saúde israelense, com 9,4 milhões de habitantes, entre eles possuindo 1,2 milhões de crianças de 5 a 11 anos e com o aumento do porcentual de casos em Israel no mês de novembro, há muitas dúvidas de que o país possa diminuir o número de contagiados pelo coronavírus sem a vacinação dos mesmos.

Foto destaque: Vacinação de crianças entre 5 e 11 anos de idade/Reprodução/Jack Guez/AFP/R7 INTERNACIONAL

Deixe um comentário