Cinema/TV

Horas antes da morte de Halyna Hutchins, parte da equipe pediu demissão

Antes do disparo que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins, uma outra arma de fogo teria disparado acidentalmente no set. Ao menos sete pessoas que faziam parte da equipe de câmeras do longa se demitiram antes do incidente, diz site Deadline.

3 min de leitura
24 Out 2021 - 12h32 | Atualizado em 24 Out 2021 - 12h32

Algumas horas antes do tiro disparado acidentalmente por Alec Baldwin que matou a diretora de fotografia Halyna Hutcins no set de filmagens de "Rust", segundo apurou o site Deadline, sete pessoas que integravam a equipe de câmeras se demitiu com reclamações das condições de trabalho e de segurança. As informações destacam ainda pelo menos um disparo acidental anterior com armas usadas nas filmagens, sem mencionar se houve ferido uma fonte ouvida disse "— Uma arma teve dois disparos acidentais em uma cabine fechada. Foram dois estouros altos, uma pessoa estava só segurando nas mãos e disparou".

O portal disse ter ouvido diversos contratados da produção. As pessoas teriam se demitido, alguns inclusive redigiram cartas de demissão e logo em seguida deixaram o set de gravações com seus equipamentos pessoais, seis horas antes do acidente com várias reclamções, diz o site "Los Angeles Time".


Alec Baldwin ao lado de fora da delegacia após prestar depoimento (Foto: Reprodução / Jim Weber / The Santa Fe New Mexican)

Segundo a "Variety", os trabalhadores, todos sindicalizados, também reclamavam sobre a falta de protocolos contra a Covid-19 no ambiente de trabalho e de a produção ter deixado a equipe em hotéis mais baratos, que ficavam ao menos uma hora de carro do set.

https://lorena.r7.com/post/Rafael-Portugal-e-esposa-caem-em-golpe-de-piramide-financeira

https://lorena.r7.com/post/Marido-de-Halyna-Hutchins-declara-que-Alec-Baldwin-esta-sendo-muito-prestativo

https://lorena.r7.com/post/Alec-Baldwin-dispara-arma-cenografica-no-set-de-Rust-e-acaba-matando-diretora-de-fotografia 

A revista disse que os produtores chamaram segurança para retira-los do local após a demissão e pouco tempo depois foram substituídos por servidores de fora do sindicato. Quando ocorreu o acidente, somente Hayla e mais um colaborador restavam da equipe original de câmera.

Segundo uma fonte ouvida pelo "Los Angeles Time", a diretora era uma das pessoas que lutavam por melhores condições dentro do set de filmagens.



Hayla Hutchins era considera uma estrela em ascensão da fotografia cinematográfica em 2019 (Foto: Reprodução / Getty Images)


Em comunicado ao site Deadline, a Rust Produções diz:
"A segurança do nosso elenco e equipe é a maior prioridade da Rust Produções e todos associados com a empresa. Embora não estivéssemos cientes de nenhuma reclamação oficial sobre a segurança de armas e objetos cenográficos no set, vamos realizar uma revisão interna de nossos procedimentos enquanto a produção estiver interrompida. Nós vamos continuar a cooperar com as autoridades de Santa Fe na investigação e oferecer serviços de apoio à saúde mental ao elenco e à equipe neste tempo trágico".

Foto de destaque: Alec Baldwin Reprodução / The Santa Fe New Mexican

Deixe um comentário