Esportes

Família de jogador da Chapecoense vítima de acidente aéreo é indenizada em R$ 14 mi

Chapecoense é condenada a pagar indenização milionária a esposa e filha de jogador vítima de acidente aéreo, em novembro de 2016. O avião transportava delegação do clube catarinense e profissionais da imprensa, além de nove tripulantes.

3 min de leitura
28 Out 2021 - 17h45 | Atulizado em 28 Out 2021 - 17h45

Família  do zagueiro  da Chapecoense, William Thiego, é indenizada em R$ 14 milhões. Na decisão proferida pelo magistrado,  foi configurado danos morais e materiais. Em informações publicadas no Ge.com, ainda estão somados a este valor, direitos de imagem do clube, seguro de vida e acidente pessoal.  Em novembro deste ano completam cinco anos da  morte do atleta e de outras 70 vítimas entre jogadores, funcionários do time,  jornalistas e outros profissionais da imprensa e tripulantes que estavam no voo. Apenas seis pessoas sobreviveram à tragédia naquele fatídico dia. À época do acidente, o jogador tinha 30 anos, era casado e pai de duas meninas. O dia 27 de novembro de 2016 ficou marcado por uma das maiores tragédias da história do futebol brasileiro.


William Thiego uma das 71 vítimas (Foto: Cleberson Silva/ Chapecoense)


 A quantia milionária a ser desembolsada pelo clube, foi fruto de uma ação ajuizada na Justiça do Trabalho de Porto Alegre e será destinada a viúva e as filhas de Thiego. Após a condenação em primeira instância, o clube não concordou com o resultado desfavorável e decidiu recorrer a sentença para refutar a atribuição da penalidade. A tragédia chega a metade de uma década e o  que se sabe é  que muitos  dos  famíliares das vítimas do voo que caiu em solo colombiano, ainda buscam por direitos e aguardam uma resolução do caso para assim fecharem este ciclo.


 https://lorena.r7.com/post/Flamengo-Renato-Gaucho-entrega-cargo-apos-eliminacao-na-Copa-Brasil-mas-diretoria-mantem-treinador

https://lorena.r7.com/post/Athletico-PR-vence-o-Flamengo-no-Maracana-e-se-consagra-para-a-final

https://lorena.r7.com/post/Flamengo-x-Athletico-PR-veja-as-provaveis-escalacoes


O  acidente aéreo envolvendo  o time catarinense  aconteceu minutos antes de chegar em Medellim, cidade colombiana e capital de Antioquia, onde ocorreria uma importante partida de futebol.  A Chapecoense vivia um dos melhores momentos de sua história futebolística, afinal de contas, aquela era a primeira vez que o verdão catarinense chegava a final da Copa Sul-Americana. Hoje, o clube amarga a vigésima posição da tabela da série "A" do Brasileirão com três derrotas, dois empates e nem uma vitória no currículo durante as competições. 

 

Foto destaque: William Theigo. Reproduçao/Cleberson Silva/Chapecoense

Deixe um comentário