Esportes

Em partida histórica para Cristiano Ronaldo, o United vence o Arsenal por 3 a 2

O Manchester United venceu o Arsenal por 3 a 2 nesta quinta-feira com um gol de Bruno Fernandes e dois de Cristiano Ronaldo, que alcançou marca histórica de 800 gols em sua carreira.

3 min de leitura
02 Dez 2021 - 20h50 | Atualizado em 02 Dez 2021 - 20h50

Sob o poder de decisão de Cristiano Ronaldo, o Manchester United venceu o Arsenal por 3 a 2 no Old Trafford, nesta quinta-feira (02). Em partida válida pela 14ª  rodada do Campeonato Inglês, o Arsenal precisava da vitória para alcançar o G-4 mas permaneceu em quinto, com 23 pontos. Já o United, subiu do décimo lugar, para sétimo, somando 21 pontos no Campeonato. O Chelsea ainda está na liderança, com 33. 

A partida também contou com gols de Ödegaard e Smith Rowe para o Arsenal e, além dos dois gols de Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes também marcou para o United. 

 

https://lorena.r7.com/post/801-gols-e-contando-a-maquina-Cristiano-Ronaldo 

https://lorena.r7.com/post/La-Liga-Real-Madrid-vence-Athletic-Bilbao-e-dispara-na-lideranca

https://lorena.r7.com/post/Liga-Francesa-Com-golaco-de-Gerson-Olympique-vence-o-Nantes


 

Primeiro tempo

O jogo começou com um vacilo da defesa do United no primeiro minuto mas por sorte da equipe, Maguire conseguiu bloquear a finalização de Aubameyang, gerando escanteio perigoso, onde Rashford afastou a bola do gol dos Reds. Os primeiros minutos foram disputados e as duas equipes abriram tentativas sem perigo aos goleiros. 

O lance polêmico da partida aconteceu aos 13', quando Smith Rowe abriu o placar para o Arsena, porém, o lance precisou ser avaliado pelo VAR. No momento em que a defesa do United afasta a bola após escanteio, Smith Rowe finaliza para o gol enquanto De Gea estava caído com dores. Ainda que não tivesse sofrido falta, o goleiro do United estava impossibilitado de participar da jogada. O VAR checou a jogada e validou o gol, deixando o marcador em 0 a 1 para o Arsenal. 


Smith Rowe e Nuno Tavares (Foto: Reprodução/Twitter)


A tentativa de reação do United teve início com Cristiano Ronaldo que avançou pela esquerda e finalizou para o gol, mas Ramsdale conseguiu defender sem esforço. 

O Manchester tentou até o fim, principalmente com Maguire, que chegava ao gol com perigo mas o empate só chegou aos 43 minutos, com Bruno Fernandes. O meia recebeu de Fred pela esquerda e bateu certeiro no gol de Ramsdale. Aos 48', Cristiano Ronaldo tentou ampliar para o United mas mandou à esquerda do goleiro. 


Gol de Bruno Fernandes (Foto: Reprodução/Twitter)


Segundo tempo 

Como no início do primeiro tempo, a segunda etapa começou numa distação da defesa do United, onde Gabriel Magalhães quase ampliou para o Arsenal mas De Gea conseguiu defender. No minuto seguinte, Cristiano Ronaldo tentou pela direita mas Ramsdale também fez grande defesa. 

Em seguida, Rashford finalizou de fora da área mas o goleiro segurou firme. Dois minutos depois, Cristiano Ronaldo encontrou o que tanto procurava e ampliou para o United, marcando o segundo gol dos Reds e alcançando um marco histórico em sua carreira, o gol de número 800. 



Não demorou muito para acontecer a reação do Arsenal com gol de Ödegaard após cruzamento rasteiro de Gabriel Martinelli, que estava bem posicionado e acertou o lado direito do gol de De Gea. 

Os minutos seguintes foram marcados por uma grande disputa de ataque mas, naquele momento, a sorte brilhou para o United quando Fred recebeu um carrinho de Ödegaard e, com acionamento do VAR, foi marcado a penalidade para o Manchester. Cristiano Ronaldo assumiu a bola e marcou o gol de número 801 em sua carreira, e o terceiro do United no clássico. 

A partida terminou após uma sequência de lindas defesas de De Gea e mais tentativas do United no gol de Ramsdale. 

O United volta a campo pela 15ª rodada e recebe o Crystal Palace, no domingo. Já o Arsenal, jogará na segunda-feira contra o Everton, fora de casa. 

 

Foto destaque: Manchester United. Reprodução/Twitter

Deixe um comentário