Esportes

Em partida controlada, Vasco sofre empate no fim e sonho do acesso fica cada vez mais para 2022

Em jogo que marcou as estreias do meia Nenê e do treinador Fernando Diniz no Vasco da Gama, dupla vê CRB arrancar empate no final da partida e frustar as esperanças, mesmo que mínimas, de acesso para a série A, em 2022.

3 min de leitura
16 Set 2021 - 22h00 | Atulizado em 16 Set 2021 - 22h00

Em partida que marcou a estreia de Nenê e Fernando Diniz, Vasco cede empate no fim para o CRB, em Maceió e o dinizismo começa com um gosto amargo.

Apesar da pouca agressividade, tanto que pouco finalizou na segunda etapa - ao menos nos 35 primeiros minutos -, o Vasco controlou bem o jogo. Teve a maior posse e se movimentou mais, principais características do estilo de Fernando Diniz. Nenê procurou a bola a todo momento e ditou o ritmo do cruzmaltino, apesar de não conseguir afundar o jogo, pois pouco se viu ultrapassagens, além de tabelas rápidas, jogadas que o camisa 77 mais gosta de fazer. Apesar das deficiências técnicas, a equipe de Diniz mostrou um potencial positivo na parte ofensiva, mas ainda peca bastante no último terço do campo.


Diniz, a beira do campo, em sua estreia pelo Vasco no Estádio Rei Pelé, Maceió. Reprodução: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama


 

O jogo também marcou o fim do jejum de gols de German Cano, que estava há 10 partidas sem marcar, além disso, a jogada saiu pelo alto, em escanteio cobrado por Nenê, fato raro que com a chegada do querido “vovô” pode se tornar mais frequente. 

O Vasco estava com o jogo em suas mãos, chegou a ter a chance de ampliar o placar já na parte final da partida com uma roubada no meio de Andrey, que conduziu a bola e rolou para Gabriel Pec que, com a perna direita, finalizou no meio do gol e goleiro Diogo Silva salvou o CRB.

 

https://lorena.r7.com/post/Com-a-especulacao-de-Daniel-Alves-no-Flamengo-Marcos-Braz-desconversa-sobre-o-assunto

https://lorena.r7.com/post/Nene-e-apresentado-e-ja-pode-estrear-pelo-Vasco

https://lorena.r7.com/post/STJD-arquiva-pedido-do-Gremio-para-impedir-torcida-no-jogo-contra-o-Flamengo

 

Minutos depois o único erro defensivo no segundo tempo foi fatal. Com pressão na saída, Bruno Gomes se atirou no chão alegando falta, o juiz deixou seguir, CRB roubou a bola, fez boa triangulação, envolvendo a defesa do Vasco e em chute cruzado de Bressan, empatou a partida nos últimos minutos, dando um banho de água fria na equipe vascaína, que vinha controlando a partida, mas pecando na frente. E, como a bola pune e a fase não é boa, o jogo conspira. Empate de 1 a 1 , 10° colocado na competição e as chances de um acesso à Série A para o próximo ano são mínimas para o Vasco da Gama. 

 

 

Foto destaque: jogadores de Vasco e CRB. Reprodução: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama

Deixe um comentário