Celebridades

Em desabafo, Danielle Winits dispara: 'Paulo Gustavo não morreu de Covid, morreu de Brasil'

Danielle Winits criticou política do governo Jair Bolsonaro no que diz respeito ao enfrentamento da pandemia e defendeu ainda a vacina contra a Covid-19. Saiba mais!

3 min de leitura
13 Mai 2021 - 09h40 | Atulizado em 13 Mai 2021 - 09h40

A atriz Danielle Winits desabafou ao falar sobre a morte do ator e humorista Paulo Gustavo, uma das mais de 425 mil pessoas que já perderam a vida, vítimas da Covid-19 no Brasil. Paulo Gustavo faleceu no começo da última semana, mas especificamente no dia 04 de março, aos 42 anos de idade.

 

 

Missa de 7º dia de Paulo Gustavo é realizada no Cristo Redentor e reúne amigos e familiares

 

Morre Paulo Gustavo vítima de Covid-19, aos 42 anos

 

Agrava o estado de saúde do ator Paulo Gustavo e assessoria se posiciona: ‘Extremamente grave’

 

 

Com uma imagem da missa de sétimo dia do ator, Winits criticou a política do governo federal do presidente Jair Bolsonaro, no que diz respeito à gestão da pandemia, que inclui a recusa de 11 ofertas de vacinas, indicação de remédios sem comprovação científica e ausência de campanhas sobre uso de máscaras e distanciamento social. Vale ressaltar que estes são apenas alguns dos temas tratados na CPI da Covid.

"Que a partida desse mais que amor da minha vida e da vida de tantos brasileiros chamado Paulo Gustavo, aliada a perda infindável de todos os outros amores das vidas de alguém em nosso país , não sejam e não fiquem em vão!!!!!!!", começou a atriz, que ainda defendeu a vacina contra a Covid-19.

 

"Paulo Gustavo não morreu de Covid, morreu foi de Brasil!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Dessa enferma e decrépita política hostil!!!!!! Desse tamanho descaso adorado, cultuado e capitaneado por esse desgovernado governo senil. Sem mais!", finalizou a atriz, que ainda usou hashtags como #VacinaJá e #VacinaParaTodos.

 



Danielle Winits criticou o governo federal após a morte de Paulo Gustavo. (Foto: Reprodução/QUEM)


 

(Foto destaque: Danielle Winits. Reprodução/QUEM).

Deixe um comentário