Celebridades

Missa de 7º dia de Paulo Gustavo é realizada no Cristo Redentor e reúne amigos e familiares

A missa de 7º dia do ator e humorista Paulo Gustavo aconteceu na noite da última terça-feira (11) no Santuário do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. Amigos e familiares fizeram homenagens à Paulo. Confira!

3 min de leitura
12 Mai 2021 - 15h07 | Atulizado em 12 Mai 2021 - 15h07

A missa de 7º dia do ator e humorista Paulo Gustavo foi celebrada na noite da última terça-feira (11) no Santuário do Cristo Redentor, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Amigos e familiares se reuniram para homenagear o astro.

O marido de Paulo Gustavo, Thales Bretas, a mãe, Déa Lúcia, o pai, Júlio Barros e a irmã, Ju Amaral, sentaram na primeira fila e receberam os cumprimentos de Padre Omar, reitor do santuário.


Missa de 7º dia de Paulo Gustavo é realizada no Cristo Redentor e reúne amigos e familiares (Foto: Reprodução/Multishow)

Missa de 7º dia de Paulo Gustavo é realizada no Cristo Redentor e reúne amigos e familiares (Foto: Reprodução/Multishow)


Além da família, estavam muitos amigos do ator. Mônica Martelli, Ingrid Guimarães, Heloísa Perissé, Regina Casé, Samantha Schmütz e Fábio Porchat estiveram presentes. O casal Luciano Huck e Angélica também foram à missa.

A diretora e melhor amiga do humorista, Susana Garcia, que o acompanhou em seus últimos dias no hospital, falou em nome dos amigos de Paulo Gustavo e da família. "Todos que estão aqui experimentaram o seu amor. Hoje não tem outro nome o que sentimos: é dor. Você era explosão de alegria, generosidade, inteligência. Você era o agora. Como conviver com esse enorme vazio? Você está em nós, você está dentro da gente. Seremos cada vez mais força, coragem otimismo e tudo aquilo que representa a vida", disse Susana.


Missa de 7º dia de Paulo Gustavo é realizada no Cristo Redentor e reúne amigos e familiares (Foto: Reprodução/Multishow)

Missa de 7º dia de Paulo Gustavo é realizada no Cristo Redentor e reúne amigos e familiares (Foto: Reprodução/Multishow)


Na sequência, a diretora passou a palavra para a irmã do ator, Juliana Amaral. Ela leu o texto "A morte não é nada", de Santo Agostinho, e terminou dizendo: "Tatau, eu te amo, irmão", homenageou Juliana, muito abalada.

Depois, falou o dermatologista e marido do ator, Thales Bretas. "O amor é transformação, e o nosso não só me evoluiu para sempre, como alcançou milhares de famílias. Tínhamos muitos sonhos juntos. Você me fez sentir o cara mais especial do planeta. Você enaltecia todas as pessoas que amava. Te amei demais, te amo e te amarei para sempre", falou.

Em seguida, a mãe de Paulo Gustavo, Déa Lúcia começou relembrando do espetáculo "O filho da mãe", em que os dois faziam um misto de apresentação teatral e show de música pelo Brasil. "O último show dele, ele fez para mim porque eu cantava na noite, e ele quis realizar esse desejo meu. Como o padre Jorjão falou, Paulo Gustavo passou no Enem da vida. Ele amou. As pessoas dizem que eu sou forte. Eu não sou forte. Minha força está em Deus. Todo dia eu peço [a Deus]: 'me ajuda'! Eu creio e aceito a partida do meu filho, mas me ajuda", disse emocionada.


Missa de 7º dia de Paulo Gustavo é realizada no Cristo Redentor e reúne amigos e familiares (Foto: Reprodução/Multishow)

Missa de 7º dia de Paulo Gustavo é realizada no Cristo Redentor e reúne amigos e familiares (Foto: Reprodução/Multishow)


Déa Lúcia cantou a música “Fascinação” de Elis Regina em homenagem ao filho e ainda brincou com os cantores que à acompanharam. "Como ele gostava de cantar, eu vou cantar para o meu filho. Vou contar com a ajuda dos meninos Canarinhos de Petrópolis, que, quando eu comecei, era tudo pequenininho. Agora está tudo velhinho, de cabelo branco, uma graça", disse em tom de riso.

"Se eu errar, vocês me ajudam porque está difícil. Mas vou cantar para o meu filho porque ele era fascinante", completou.

Paulo Gustavo morreu no dia 4 de maio, vítima de complicações da Covid-19. O ator estava internado desde o dia 13 de março em um hospital no Rio, e intubado desde o dia 21 de março. O humorista chegou a passar por um tratamento com ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), mas sofreu uma embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa. O corpo do ator foi cremado na última quinta-feira (6).

 

 

(Foto destaque: Missa de 7º dia de Paulo Gustavo é realizada no Cristo Redentor e reúne amigos e familiares. Reprodução/Multishow)

 

 

Deixe um comentário