Celebridades

Duda Reis fala sobre machismo, empoderamento feminino e independência financeira

Duda Reis, atriz de 20 anos, deu entrevista a revista Quem e falou de não se prender as dores do passado: "Uso todas as minhas cicatrizes como asas"

3 min de leitura
14 Set 2021 - 20h46 | Atulizado em 14 Set 2021 - 20h46

Duda Reis está focada em sua carreira de atriz aos seus 20 anos. A atriz que foi lançada na TV como “Mari” personagem na novela malhação “Toda Forma de Amar”, da emissora TV Globo em 2019, soma mais de 9 milhões de seguidores em seu Instagram. Duda deu uma entrevista para revista Quem, na qual falou sobre diversos assuntos. 

A carioca, admitiu que encarar as redes sociais não é uma tarefa fácil, contudo, ela procura não se contaminar com os comentários tóxicos: “Às vezes, uma pessoa – até então muito amada – passa a receber uma onda de ódio. É um pouco exaustivo. Abrindo muito meu lado pessoal e sendo franca, eu tenho medo de postar as coisas na internet. Tenho medo de ser autêntica, tenho medo de ser eu. Você acaba fazendo um post e já pensa no que as pessoas vão falar e comentar, mas nem sempre você está bem para ouvir ofensa. Há uma diferença entre crítica construtiva e ofensa. Aí, vem aquele discurso; ‘Você é figura pública e tem que’. Tenho que nada! Todo mundo tem o direito de fazer uma crítica construtiva, mas ofender? Não. A internet não é terra sem lei. Confesso que tenho medo de postar e me sinto até infeliz em não poder ser eu mesma, sabe?”, contou Duda.


Duda Reis. (Foto: Reprodução/Instagram)


Duda Reis que estar atualmente solteira, após o termino do seu relacionamento com Bruno Rudge, irmão da influencer e empresária Lalá Rudge, prefere ser discreta quando é questionada sobre sua intimidade, por já ter sua vida pessoal exposta em antigos relacionamentos. Contudo, Duda não esconde vontade de formar uma família, mas destaca que não está com pressa para isso: “Quero focar na minha carreira, não tenho um desejo de engravidar agora. Estou 100% focada na carreira”, afirmou ela.

Duda Reis gosta de dar voz as causas feministas, afirmou que não se prende as dores do passado: “Uso todas as minhas cicatrizes como asas. As minhas cicatrizes são uma forma de voar. Todo meu passado e tudo o que já vivi contribui para a mulher que sou hoje. Não seria a mulher que sou se eu não tivesse passado pelo que passei e com muitos desafios”. Duda diz já ter recebido sugestões de colocar silicone nos seios: “Nunca cedi a essas pressões. São cirurgias invasivas e não são reversíveis – pelo menos, não de uma maneira rápida. Já tive muitos questionamentos sobre o que fazer com meu próprio corpo. Não devemos opinar no corpo do outro porque é do outro. Como querem opinar, já ouvi, mas nunca cedi. Não me considero uma pessoa vaidosa”, afirmou atriz.


https://lorena.r7.com/post/Giovanna-Ewbank-posta-linda-foto-com-a-filha-Titi-em-Paris

https://lorena.r7.com/post/Rafella-Santos-defende-o-irmao-Neymar-apos-discussao-com-Patricia-Pillar

https://lorena.r7.com/post/Fabiula-Nascimento-fala-sobre-nao-manter-um-relacionamento-com-seu-pai


Quando perguntada sobre ser atriz, ela conta que tinha certeza desde pequena: “não queria ser médica. Minha família só tem médicos (risos). Não queria ser médica de jeito algum, mas como uma boa geminiana multifacetada que sou, eu queria ser tudo. Até astronauta! Mas sempre quis ser atriz. Desde que eu era pequena, queria trabalhar no meio artístico. Não foi uma novidade quando acabei me encaminhando para esse lado.”, o apoio da família foi questionado a Duda: “Meus pais sempre me apoiaram, mas tinha quem falava espantado: ‘Você quer ser atriz?’. Sim, por que não? É uma profissão honrosa como as outras. Meu pai foi o pioneiro a me ajudar. Ele procurou teatro, procurou oportunidades e contatos. Minha mãe foi junto, na sequência, e também me apoiou bastante”, relatou ela.

Duda falou sobre seu engajamento nas redes sociais e sobre acabar sendo exemplo para muitos jovens: “É uma honra representar pessoas e usar a minha visibilidade para poder representar mulheres. Sinto a responsabilidade e tenho medo de errar e decepcionar. Acaba sendo um pouco pesado porque eu me cobro muito, mas prefiro pensar pelo lado do privilégio”. Disse Duda Reis, que vai estar no elenco de um filme voltado para o público teen, que vai ser lançado no streaming.

 

 

(Foto destaque: Duda Reis fala sobre machismo, empoderamento feminino e independência financeira. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário