Saúde

Donald Trump é vaiado ao falar que tomou a dose de reforço da vacina

Em mais uma aparição, o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é vaiado por apoiadores ao falar que tomou a dose de reforço da vacina contra a Covid-19.

3 min de leitura
21 Dez 2021 - 21h23 | Atualizado em 21 Dez 2021 - 21h23

Nos Estados Unidos, o ex-presidente Donald Trump foi vaiado ao falar em um programa que havia tomado a dose de reforço da vacina contra a Covid-19. A notícia foi revelada no último domingo (19) ao apresentador, colunista e comentarista Bill O'Reilly, em seu programa ao vivo History Tour.


Arte alerta sobre a guerra antivacina. (Foto: Reprodução/Monica Garwood/The NY Times)


A repercussão da fala veio à tona pelo motivo de grande parte dos apoiadores de Trump serem contrários à vacinação. Diante disso, em um evento realizado em Dallas, ele foi vaiado enquanto continuava a falar e em um momento do vídeo ele teve que cortar para o apresentador "Não, não, não, não, não. É um grupo pequeno ali", disse o ex-presidente. Segundo a imprensa americana, Donald Trump, aos 75 anos, tomou a primeira dose do imunizante contra o novo coronavírus em janeiro de 2021, mas escondeu essa informação, a qual foi revelada somente em março deste mesmo ano.

Membros da CTAI-COVID pedem ao Ministério da Saúde regras para imunização de crianças (r7.com)

Verão: conheça os sucos funcionais que estão em alta (r7.com)

Cientistas afirmam que ter filhos pode mudar a estrutura do cérebro (r7.com)


Ainda no evento em Dallas, o ex- presidente citou que ele e sua equipe fizeram um trabalho histórico no programa de imunização “Assuma o crédito por isso. É ótimo. O que fizemos é histórico. Não deixe que eles tirem isso. Você está fazendo o que eles querem quando tipo, ‘ah, a vacina’. Se você não quiser aceitar, não deve ser forçado a aceitar. Sem obrigações. Mas aceite o crédito, porque salvamos dezenas de milhões de vidas. Não deixe que eles tirem isso de você. ”, disse Trump.

Dentre todas as aparições de Donald Trump, desde o início da pandemia, esta não é a primeira vez que ele é vaiado ao discursar sobre os imunizantes. Em agosto deste ano, ele participou de um evento no Alabama e disse: “Eu acredito totalmente na sua liberdade. Eu acredito. Você tem que fazer o que você tem que fazer. Mas eu recomendo, tome as vacinas. Eu fiz isso. É bom. Tome as vacinas”, depois da fala, o ex-presidente foi vaiado.

 

Foto Destaque: Ex-presidente dos EUA, Donald Trump. Reprodução/Carlos Barria/Reuters.

Deixe um comentário