Celebridades

Documentário revela que Rainha Elizabeth refez fotos de casamento durante Lua de Mel

Foi revelado em documentário que Rainha Elizabeth e Príncipe Philip tiveram que refazer as fotos do casamento real. A monarca e seu marido foram obrigados a retornar a Londres durante a Lua de Mel.

3 min de leitura
08 Set 2021 - 11h50 | Atulizado em 08 Set 2021 - 11h50

Segundo a série documental britância ‘Invitation to the Royal Wedding’, a Rainha Elizabeth 2ª precisou refazer as fotos de seu casamento com Príncipe Philip (1921-2021) durante a Lua de Mel. O documentário é exibido pelo canal inglês ITV.  

 

O florista David Longman, filho do florista responsável pelo buquê da Rainha, na época, ainda princesa, relatou a sitação para o documentário e contou que devido a ausência do buquê nos registros do casamento, que ocorreu na Abadia de Westminster, em novembro de 1947, novas fotos foram exigidas. Durante a viagem de Lua de Mel pelo interior do Reino Unido, o casal foi obrigado a retornar ao Palácio de Buckingham e colocar as vestimentas do casamento para refazer a foto com o novo buquê. “No meio da Lua de Mel eles precisaram se vestir novamente com as roupas do casamento e o meu pai precisou fornecer um novo buquê para as fotos”, revelou David.  


 

 Rainha Elizabeth e Príncipe Philip (Foto: Divulgação/Royal.uk)


 

O Príncipe Phillip morreu no início de 2021, devido a sua idade. A Rainha Elizabeth alcança seus 95 anos, tendo como sucessor da coroa o seu filho, Príncipe Charles.  

 

Rainha Elizabeth permite visitação aos jardins reais pela primeira vez

Rainha Elizabeth voltará ao trabalho após duas semanas da morte do Príncipe Philip

Rainha Elizabeth II quebrará tradições de séculos em homenagem e respeito a seu marido Philip

 

Revelações de Coroa 

 

Recentemente foi levado à público os documentos que revelam os protocolos para o anúnico da morte da Rainha Elizabeth II. A operação intitulada como London Brige (Ponte de Londres) traz uma longa lista de protocolos e regras que devem ser seguidas nos dez primeiros dias após a morte da Rainha.  

 

O dia da morte da monarca foi nomeado como “dia D” e envolve inúmeras ligações para funcionários e ministros, tendo também rascunhos e discursos preparados. Em seguida, a Casa Real deve emitir uma nota oficial aos cidadãos britânicos e somente depois do feito, o primeiro-ministro e o Executivo poderá se pronunciar. No exato dia da morte da Rainha, Príncipe Charles (72), deve assumir o trono e fazer um pronunciamento oficial.  

 

O funeral será realizado apenas 10 dias após a morte e a cerimônia deve acontecer na Abadia de Westminster, mesmo local onde aconteceu seu casamento com o Duque de Edimburgo.  

 

Foto destaque: Rainha Elizabeth (Reprodução/Getty)

Deixe um comentário