Saúde e Bem Estar

Coronavírus: 80% da população com mais de 18 anos já receberam a primeira dose no Brasil

No Brasil, 80% das pessoas já receberam ao menos uma dose da vacina contra o coronavírus. O Ministério da Saúde ainda acredita que toda a população adulta irá receber uma aplicação até 15 de setembro.

3 min de leitura
30 Ago 2021 - 14h42 | Atulizado em 30 Ago 2021 - 14h42

Com a marca de 80% da população com mais de 18 anos imunizados com, pelo menos, uma dose da vacina contra a covid-19, o Brasil segue na busca de vacinar todos os seus cidadãos. Esse percentual equivale a, aproximadamente, 128 milhões de brasileiros que já receberam a primeira dose.

O Ministério da saúde acredita que toda a população com mais de 18 anos irá receber a primeira dose até o dia 15 de setembro, totalizando 160 milhões de cidadãos.

5 cuidados com a pele durante o tempo seco

Covid-19: Nova vacina da China tem eficácia em casos graves

Saúde mental dos estudantes apresenta instabilidade em levantamentos

Apesar de tais números, é preciso entender que para uma melhor proteção, o cidadão deve completar o esquema vacinal para atingir o ápice da imunização, uma vez que a maioria das vacinas aplicadas necessitam de duas doses. São cerca de 60 milhões de brasileiros que completaram o esquema vacinal, seja por duas aplicações ou pelas vacinas que necessitam de apenas uma.

De todo modo, é preciso manter as medidas individuais de proteção, mesmo que, através das vacinas, exista uma grande redução das internações, infecções e do risco de morte devido ao coronavírus. O ministério da Saúde reforçou a necessidade do cuidado de cada um, com a continuidade do uso de máscaras, higienização das mãos, álcool em gel, entre outras medidas necessárias nesse período.

 

Entregas das vacinas

Hoje (30) chegou mais um carregamento do ingrediente farmacêutico (IFA), que é utilizado, pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) na fabricação da vacina Oxford/AstraZeneca para o combate ao coronavírus. A Fiocruz estuma que os materiais recebidos sejam suficientes para a produção de 4,7 milhões de doses. A fundação já entregou, desde o início do ano, cerca de 91,9 milhões de doses da vacina contra a covid-19. Desse montante, 87,9 milhões foram produzidas pela fábrica do instituto e 4 milhões importadas da Índia.


(Foto: Coronavírus: 80% da população com mais de 18 anos já receberam a primeira dose no Brasil. Reprodução/ Agência Brasil)


Ontem (29) chegaram 2,1 milhões de doses vindas do laboratório norte-americano Pfizer, devido ao contrato feito com o Ministério da Saúde que prevê a entrega de 100 milhões de doses até o fim de setembro. O laboratório já entregou, desde o final de abril, 53 milhões de doses. Além disso, já existe um segundo contrato que visa a entrega de mais 100 milhões de doses entre os meses de outubro e dezembro.

Já a CoronaVac segue sendo produzida e entregada pelo Instituto Butantan que disponibilizou hoje (30) mais de 10 milhões de doses da vacina contra a covid-19. Esta foi a maior entrega feita pelo instituto que produz o imunizante  através de uma parceria feita com o laboratório chinês, Sinovac.

 

 

 

(Foto destaque: Coronavírus: 80% da população com mais de 18 anos já receberam a primeira dose no Brasil. Reprodução: Pexels)

Deixe um comentário