Esportes

Com show de trio brasileiro, seleção passa por cima da atual campeã paraolímpica no goalball e estréia a competição com moral.

Na estréia em Tóquio, Romário, Leomon e Parazinho lideraram o ataque do Brasil e garantiram uma grande vitória por 11 a 2, contra a Lituânia, atual campeã paraolímpica.

3 min de leitura
25 Ago 2021 - 13h00 | Atulizado em 25 Ago 2021 - 13h00

Na estréia em Tóquio, o trio brasileiro composto por Romário – não, não é o baixinho do tetra –, Leomone Parazinho garantiram a vitória do Brasil sobre nada mais, nada menos a Lituânia, campeã paraolímpica dos jogos Rio 2016. A partida estava com clima de final, mas o resultado foi discrepante. 11 a 2 para a seleção brasileira, quatro gols de Romário, três de Leomon, três de José Márcio, também conhecido como Parazinho e Emerson construíram o placar e mostraram o porquê de sermos o atual bicampeão mundial da modalidade e medalha de bronze no Rio.

A partida começou com uma forte defesa pelo lado brasileiro, que utilizou a estratégia de forçar penalidades para os lituanos, que foi o pilar para a construção da grande vantagem criada no jogo, em favor do Brasil.

A seleção brasileira abriu o placar com Leomon, mas os lituanos empataram logo depois. Mas, nos quatro minutos restantes da primeira etapa, o capitão Romário e novamente Leomon marcaram o segundo e terceiro gol do Brasil na partida, aproveitando as penalidades, onde é feito duelos de um contra um na quadra. Romário ainda chegou a fazer seu segundo gol no jogo antes do primeiro tempo terminar, finalizando a primeira metade com o placar de 4 a 1 para os brasileiros.


Romário faz defesa com as pernas na vitória contra a Lituânia. (Foto: Reprodução/Reusters)


E a intensidade canarinho não parou por aí. Nos minutos iniciais do segundo tempo foi a vez de Parazinho mostrar a que veio. Aplicou logo três gols seguidos em poucos minutos, que resultou, de cara, o placar marcante de 7 a 1, mas dessa vez para a nosso favor. A lituânia cegou a descontar, mas o ataque do Brasil estava inspirado e com fome de gol. Leomon e Romário, para não ficarem para trás da artilharia da partida, aplicaram cada um mais um gol, ficando cada jogador com seu “hat-trick” e o Brasil com 9 a 2, uma folga que ainda iria aumentar mais um pouco.

 https://lorena.r7.com/post/Carlo-Ancelotti-abraca-Vinicius-Junior-e-brasileiro-tem-o-seu-melhor-inicio-de-temporada-na-carreira 

https://lorena.r7.com/post/Bicampeao-da-NBA-e-ex-de-Khloe-Kardashian-afirma-ter-sido-dopado-Eu-nao-usei-nada-naquela-noite 

https://lorena.r7.com/post/PSG-ve-Richarlison-como-alternativa-para-a-provavel-saida-de-Mbappe 

O jogo já estava garantido e controlado, mas veio mais. Parazinho foi substituído para dar lugar a Emerson, que foi o autor do décimo gol brasileiro na partida. Já no último minuto apareceu mais uma vez Romário. O atleta aproveitou o clima de desfecho para tomar para si o título de goleador do jogo e fechou o placar em 11 a 2, com seu quarto e último gol no confronto.

- No goalball, não tem segredo. Você tem que ter uma defesa sólida. A equipe está de parabéns pela defesa. Aí a gente foi construindo o jogo naturalmente – declarou Romário.

Uma estréia impecável que só estimula ainda mais os ânimos, reafirmar o favoritismo e vislumbra uma grande trajetória para a conquista do ouro paraolímpico em Tóquio.  

O Brasil agora se prepara para enfrentar a Argélia, medalha de prata nos jogos do Rio, na próxima quinta-feira, às 1h15 (horário de Brasília).

 

 

 

Foto Destaque: Arremesso de Emerson, com romário ao lado, na vitória contra a Lituânia nos jogos paraolímpicos. Reprodução/ Reuters.

Deixe um comentário