Esportes

CBF planeja volta de torcida aos estádios nas quartas de finais da Copa do Brasil

CBF fará um projeto-piloto, uma espécie de teste para a volta da torcida ao estádio no final de agosto, nas partidas válidas pela quartas de finais da Copa do Brasil.

3 min de leitura
23 Jul 2021 - 13h54 | Atulizado em 23 Jul 2021 - 13h54

A CBF quer criar um projeto-piloto para a liberação da presença do público já nas partidas válidas pelas quartas de finais da Copa do Brasil, prevista para o final de agosto. Funcionaria como se fosse um teste para a volta definitiva do público aos jogos.

 A Confederação enviou um ofício às federações estaduais, com a permissão e assinatura do Presidente em exercício na época, Coronel Nunes. O mesmo pediu para que a entidade dialogue com as autoridades públicas de saúde para conseguir o aval para a volta da torcida.

 Com o avanço da vacinação e a certa evolução das condições sanitárias em meio à pandemia da Covid-19, a CBF criou um grupo visando intensificar o estudo sobre a situação. A ideia da entidade é criar um projeto-piloto para começar os testes no final de agosto, na próxima fase da Copa do Brasil.

"Estamos discutindo isso há um tempinho. Como a coisa vai funcionar. Vamos estabelecer nossos critérios, mas autoridades locais que vão decidir no fundo. Devem ser testes pilotos. Vamos aprendendo com os outros que estão fazendo", disse o chefe médico da CBF, Jorge Pagura

 A ideia da entidade é que, com critérios bem estabelecidos, a CBF e os clubes consigam convencer as autoridades estudais e do município sobre o retorno do publico.


GP da Inglaterra, polêmica batida entre Lewis Hamilton e Max Verstappen e críticas: 'Pilotagem suja'

Atletas 'testam' cama de papelão antissexo das Olímpiadas: 'É falso! Notícia falsa!'

Busca por igualdade e diversidade marcarão Jogos Olímpicos de Tóquio

 Alguns estados do Brasil já têm cogitado a possibilidade da liberação de público em partidas. O jogo entre Flamengo e Defensa y Justicia, pelas oitavas de finais da Libertadores, na quarta-feira (21), que terminou 4x1, com o Flamengo classificado, por exemplo, foi realizado com 25% da capacidade do estádio Mané Garrincha, em Brasília, apenas para aqueles que tomaram as duas doses da vacina, vacina de dose única ou com o exame PCR com o resultado negativo.


Estádio Mané Garrincha, palco do reencontro entre Flamengo e a torcida - Alexandre Vidal/Flamengo

Estádio Mané Garrincha, palco do reencontro entre Flamengo e a torcida - Alexandre Vidal/Flamengo


Recentemente, outros estados também sinalizaram a liberação do público nos estádios. A prefeitura de Porto Alegre divulgou um plano de liberação gradativa, que prevê a permissão total a partir de 27 de setembro. O governo de Minas Gerais apresentou uma nota técnica sobre eventos de grande porte recebendo público, mas restaria à Federação Mineira de Futebol criar um protocolo para levar a ideia para frente. A prefeitura de João Pessoa sinalizou a possibilidade de liberar até 20% da capacidade dos estádios a partir do início de agosto.

 Sobre em quais condições os torcedores teriam acesso aos estádios nas quartas de final da Copa do Brasil, se a ideia for efetivada mesmo, a CBF deve se pronunciar através da sua Diretoria de Competições (DCO) da Comissão de Médicos e de Combate à Dopagem (CMCD).

 


(Foto destaque: CBF planeja volta de torcida aos estádios nas quartas de finais da Copa do Brasil. Lucas Figueiredo/CBF)

Deixe um comentário