Money

Batendo recorde, MetaMask capta 1 bilhão de reais para impulsionar DeFi e NFTs

ConsenSys, a empresa que criou a carteira e outras ferramentas populares do universo das criptomoedas e blockchain, é novo unicórnio cripto e quer usar o valor captado para acelerar adoção da Web3

3 min de leitura
18 Nov 2021 - 15h00 | Atulizado em 18 Nov 2021 - 15h00

ConsenSys, empresa de desenvolvimento de software focada na tecnologia blockchain e que foi fundada pelo cofundador da rede Ethereum, Joseph Lubin, anunciou na última quarta-feira (17), a captação de 200 milhões de dólares, 1,1 bilhão de reais, elevando o valor total da empresa para 3,2 bilhões de dólares assim a transformando em mais um unicórnio das criptomoedas. 

 

 A nova rodada de investimentos contou com a participação de Marshall WaceThird Point, ParaFi Capital, Think InvestmentsDragonfly Capital, Electric Capital, Spartan GroupDeFiance Capital, AnimocaCoinbase Ventures e HSBC.

 


MetaMask tem cerca de 21 milhões de usuários ativos mensais (Foto: Reprodução/ Shutterstock)


 Com esta captação, a empresa pretende "tornar a Web3 universalmente acessível e fácil de usar", segundo informou a própria companhia, em um comunicado. Uma das principais ferramentas da empresa para isso é a MetaMask, que em agosto se tornou a maior carteira cripto não-custodial do mundo. 

 

 Desde então, o número de usuários da plataforma dobrou: atualmente, segundo a ConsenSys, a MetaMask tem cerca de 21 milhões de usuários ativos mensais, grande parte deles interagindo com aplicações de finanças descentralizadas (DeFi) e outras aplicações da Web3, como NFTs e jogos em blockchain, organizações autônomas descentralizadas (DAOs) e metaversos. 

 

 Se no último mês de agosto o número de usuários da MetaMask era de menos da metade do atual, a comparação com um intervalor de tempo maior é ainda mais impressionante: há um ano, eram 600 mil usuários da carteira, um crescimento de 36 vezes em 12 meses. Recentemente, a ConsenSys também anunciou o lançamento de uma versão institucional da MetaMask, a MetaMask Institutional. 

 

https://lorena.r7.com/post/Motivo-que-faria-a-fonte-energetica-alternativa-modificar-positivamente-a-inflacao

 

https://lorena.r7.com/post/Meliuz-tem-prejuizo-de-mais-de-R29-milhoes-no-terceiro-trimestre

 

https://lorena.r7.com/post/JPMorgan-Chase-processa-Elon-Musk-em-R-890-milhoes


 Além da carteira, a ConsenSys também tem outros produtos de sucesso no universo cripto, como a Infura, que fornece um conjunto de ferramentas para desenvolvedores em blockchain e que viu sua base de usuários crescer 250% em menos de um ano, saltando de 100 mil para 350 mil desenvolvedores. O Truffle, com 4,7 milhões de usuários, e que permite escrever e testar contratos inteligentes, e o Dilligence, que possibilita auditar e garantir contratos inteligentes, são outros dois exemplos. 

 

 Com a captação bilionária, a empresa pretende acelerar a expansão dos produtos MetaMask e Infura, bem como a criar 400 novas vagas nos produtos e serviços da ConsenSys. 

 

"A Era dos Silos e Terceiros de Confiança está dando lugar à Era da Comunidade e da Colaboração, possibilitada por uma base automatizada, objetiva e de confiança e um ecossistema financeiro descentralizado. A mudança de paradigma para um mundo operando com protocolos descentralizados está se acelerando. O ritmo de adoção é agora tão rápido que mais do que duplicamos muitos dos nossos indicadores-chave de desempenho desde que este acordo foi firmado. Temos a honra de ser parceiros de alguns dos maiores investidores financeiros e estratégicos das economias tradicionais e da próxima geração para acelerar a adoção da Web3", disse Joseph Lubin, fundador e CEO da ConsenSys. 




 

Foto destaque: Logo MetaMask. Reprodução/GooglePlay

Deixe um comentário