Saúde

Avelã pode impedir doenças cardiovasculares e danos celulares

As avelãs, nozes pertencente à espécie Corylus avellana, são alimentos ricos em proteínas, gorduras saudáveis, vitaminas e minerais e auxiliam bastante na saúde humana

3 min de leitura
10 Dez 2021 - 11h40 | Atualizado em 10 Dez 2021 - 11h40

Na última quarta (08), os membros da equipe de hortaliças da plataforma Tecno Notícias, mostraram que a avelã, além de ser um componente saboroso, também pode ser muito conveniente para a nossa saúde. A noz, fruto da aveleira, pode, inclusive, ajudar a combater o colesterol ruim: “A avelã tem bastante fósforo, cálcio e potássio, que são elementos responsáveis pelas trocas celulares”, aponta a especialista em nutrição Alessandra Missio, em outra matéria feita pelo G1.

Além de serem muito versáteis e conhecidas por compor receitas de chocolates, cremes e outros alimentos, o fruto é rico em magnésio, cobre, amina e manganês. Na parte nutricional, a noz também contém vários minerais como zinco, folato, ômega 6, fósforo, potássio, ômega 9 e ácido oleico e, vitaminas do complexo B6. Ademais, as gorduras mono e poliinsaturadas da avelã fazem parte da composição e geram uma grande quantidade de ácidos graxos e ácido fítico, bem como fibras alimentares.


(Pessoa preparando avelã para consumo. Foto: Reprodução/Rene Asmussen/Pexels)


Desse modo, a partir de sua imensa riqueza nutritiva, o fruto da aveleira ajuda a proteger o corpo humano contra o estresse oxidativo. Essa ação pode impedir danos à estrutura celular, o que poderia vir a causar câncer a longo prazo. Similarmente, a noz preserva o coração de sofrer doenças como infarto do miocárdio e reduz os níveis de colesterol e triglicerídeos no organismo.

https://lorena.r7.com/post/Beber-agua-durante-as-refeicoes-pode-melhorar-a-performance-mental-e-fisica

https://lorena.r7.com/post/Cientistas-afirmam-que-ter-filhos-pode-mudar-a-estrutura-do-cerebro

https://lorena.r7.com/post/Como-os-microbios-no-seu-intestino-podem-influenciar-sua-ansiedade


De acordo com uma pesquisa realizada pela National Lipid Association em voluntários que ingeriram de 29 a 69 gramas de avelã diariamente, mostra que ela normaliza a pressão arterial e traz propriedades anti-inflamatórias. Ainda no mesmo estudo sobre a noz, os especialistas finalizam e advertem que somente ela não é suficiente para auxiliar a saúde do corpo humano, dado que nutricionistas recomendam incluir uma alimentação rica em outros alimentos com as mesmas propriedades na sua rotina diária. 

 

Foto destaque: Avelãs. Reprodução/ejaugsburg/Pixabay

 

Deixe um comentário