Notícias

Ator de Riverdale é condenado à prisão perpétua por assassinar a mãe

Após declarar-se culpado pelo assassinato da mãe, o ator foi sentenciado à prisão perpétua no Canadá, não podendo pedir liberdade condicional pelos primeiros 14 anos da senteça.

3 min de leitura
23 Set 2022 - 22h30 | Atualizado em 23 Set 2022 - 22h30

O ator Ryan Granthan, que fazia o personagem Jeffery Augustine em Riverdale, uma série adolescente, foi condenado à prisão perpétua depois de se declarar culpado pelo assassinato da mãe, Barbara Waite, que tinha 64 anos.

Ela estava de costas para o ator enquanto tocava piano quando foi assassinada com um tiro na cabeça. O jovem de 24 anos também havia planejado matar o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau.


Ryan Granthan. (Reprodução/Instagram)


A morte de Bárbara ocorreu em 31 de março de 2020, e o crime, assassinato em segundo grau, tem sentença automática de prisão perpétua, sendo necessário, porém, uma audiência para definir o prazo para solicitação de liberdade condicional.

A pena de Ryan foi anunciada hoje e o ator não poderá pedir liberdade condicional durante os primeiros 14 anos de pena.

Segundo autoridades responsáveis pelo caso, após assassinar a mãe, o jovem comprou maconha e enquanto assistia televisão, fabricou sozinho coquetéis molotovs, que seriam para matar Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá.

Ele cobriu o corpo da mãe com um lençol antes de dormir e, pela manhã, colocou velas ao redor dela. Em seguida saiu em um carro portando três armas, munição e 12 coquetéis molotov produzidos por ele, e que serviriam para assassinar o primeiro-ministro. No carro também havia materiais para acampar e um mapa com a localização da casa do governante em suas coordenadas.

Durante o trajeto para a casa de seu próximo alvo, o artista mudou de ideia e se dirigiu para uma delegacia onde confessou ter assassinado a mãe e quais seriam seus próximos passos. De acordo com os promotores do caso, o ator tem tendências suicidas e à violência. Eles apresentaram relatórios psiquiátricos que dizem que o jovem matou a mãe para que ela não pudesse ver os crimes de violência que ele cometeria contra Justin Trudeau.

Ele ainda não depôs em seu julgamento.

 

Foto Destaque: Divulgação/The CW / Pipoca Moderna

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo