Bem Estar

Ano novo, dieta nova: como começar 2022 sem o “pé na jaca”

Mais um virada de ano e novas metas programadas. Confira 5 dicas para começar o ano de 2022 com um corpo saudável, uma alimentação balanceada, sem peso na conciência e pronto para o verão.

3 min de leitura
03 Jan 2022 - 21h37 | Atualizado em 03 Jan 2022 - 21h37

As festas de final de ano passaram e as pessoas agora estão lotando as redes sociais com a legenda "Buscando o balde que eu chutei”. Além dos exercícios físicos, algumas pessoas também costumam iniciar planos de dietas  com a chegada do ano novo. A mudança de hábitos que as comemorações do final de ano trazem, costumam pesar na conciência logo nos primeiros dias do ano subsequente. Em 2022 não foi diferente, então separamos algumas dicas para poder começar o ano em grande estilo e com a alimentação saudável em dia.


Estudo da Universidade de Harvard mostra a composição de um prato de comida saudável. (Foto: Reprodução/Harvard T.H. Chan School of Public Health)


  1. Pesquise um cardápio o qual você tenha satisfação em produzir e comer. Escolher, manusear, cozinhar o próprio alimento pode te trazer uma sensação de responsabilidade maior com o que você vai consumir. Evite alimentos ultraprocessados e  prontos.
  2. Conheça a procedência dos alimentos. Além de conferir se a comida não está vencida, levar em consideração a procedência do que você consome é outro ponto importante para manter uma alimentação saudável.
  3. Dê preferência para alimentos mais leves e ricos em água e nutrientes para evitar a sensação de cansaço. Não fique longos períodos sem se alimentar durante o dia.
  4. Invista em atividades físicas. A rotina saudável engloba a prática de exercícios físicos. Para isso, busque uma atividade que você goste. Se tem dificuldade em se manter firme na academia, vá atrás de um exercício ao ar livre ou em grupo. Atividades em grupo podem trazer mais motivação.
  5. Mantenha-se sempre hidratado. A boa ingestão de água elimina as toxinas do período de festa e também pode ajudar na saciedade. A recomendação média é de 35 ml por kg de peso.

Verão: conheça os sucos funcionais que estão em alta (r7.com)

Cientistas afirmam que ter filhos pode mudar a estrutura do cérebro (r7.com)

Entenda o avanço da terapia com células-tronco contra a diabetes tipo 1 (r7.com)


 

Segundo a nutricionista Gabriela Cilla é muito importante buscar ajuda profissional e optar por uma reeducação alimentar em vez de dietas mirabolantes “A pessoa não consegue sustentar o desconfortável durante muito tempo. Então é muito mais inteligente fazer uma reeducação alimentar que seja voltada para o objetivo do que simplesmente cortar os alimentos. As pessoas precisam ter prazer, e a reeducação alimentar fornece isso de forma pontual e gradativa, o que a dieta restritiva não faz”, afirma Gabriela.

 

Foto Destaque: Use e abuse de frutas e sucos naturais. Reprodução: ExplorerBob/Pixabay

Deixe um comentário