Money

Acionistas pretendem vender parte da sua fatia na Volkswagen para comprar participação na Porsche

Os maiores acionistas da Volkswagen cogitam vender parte da sua participação na montadora alemã para comprar ações da porsche, mesmo sem maiores comentários sobre a possível negociação, as ações da Volkswagen subiram até 8,3% após a notícia.

3 min de leitura
08 Dez 2021 - 21h50 | Atualizado em 08 Dez 2021 - 21h50

As famílias Porche e Piech, que representam a maior fatia da Volkswagen, estão recentemente pensando em vender parte dessa participação e  comprar um certo número de ações da Porsche, informou o Handelsblatt, jornal Alemão.

Por enquanto a Porsche e a Volkswagen não comentaram sobre o assunto, porém mesmo sem nenhum pronunciamento de ambas as partes, as ações da Volkswagen subiram 8,3% após a notícia.

As famílias, que possuem 31,4% das ações da Volkswagen e 53,3% dos direitos de voto através da Porsche Automobil Holding, venderiam ações suficientes para levantar cerca de € 15 bilhões (US$ 16,86 bilhões), disse o jornal. Esse investimento seria uma aposta e um desafio para a montadora, porém de acordo com algumas informações resultaria em resultados positivos para ambas as partes, elas permaneceriam como os maiores acionistas da Volkswagen, à frente do Estado alemão da Baixa Saxônia, acrescentou o Handelsblatt.


                                   

                                                                                            Logo Porsche (Foto: Reprodução/Pixabay)


De acordo com Reauters as famílias estavam preparadas para assumir um participação da Porsche, caso a montadora fosse listada separadamente, reduzindo o controle das famílias sobre a Volkswagen. Essas especulações  incluiram no inicio deste ano  estimativas de uma avaliação entre € 45 bilhões e € 90 bilhões.

https://lorena.r7.com/post/Tom-Felton-fala-sobre-a-fama-apos-Harry-Potter

https://lorena.r7.com/post/Murilo-Huff-se-pronuncia-sobre-indireta-de-Matheuzinho-o-ultimo-affair-de-Marilia-Mendonca

https://lorena.r7.com/post/Com-o-cargo-ameacado-no-Benfica-Jorge-Jesus-pode-ser-demitido-hoje-em-caso-de-derrota


Hebert Diess, pesidente executivo da Volksvagen, afirmou em 28 de outubro que a empresa estava revisando seu portfólio constantemente porém não forneceu mais comentários sobre o assunto, Diess não deixará seu cargo de produtor executivo da montadora alemã porém após um desentendimento com líderes sindicais, terá que abrir mão de algumas responsábilidades. Enquanto a Porsche, de acordo com a Manager Magazin, a montadora está trabalhando em uma possível listagem feita por Goldman Sachs, o escritório de advocacia Freshfields e seus consultores.

 

Foto Destaque: Logo Volkswagen.Reprodução/Pixabay

Deixe um comentário