67,19% dos brasileiros já estão completamente imunizados contra o Covid-19

31/12/2021 | POR Izadora Porto

O Brasil já administrou 161 milhões de vacinas da primeira dose contra o coronavírus, dentro desse somatório, 143,3 receberam a dose completa até o momento.

67,19% dos brasileiros já estão completamente imunizados contra o Covid-19

Nesta última quinta-feira (30), o Brasil chegou a 161.212.297 pessoas vacinadas com pelo menos a primeira dose, o que equivale a 75,57% da população. Inclusive, nas últimas 24h, segundo os dados reunidos dos veículos de imprensa e das secretarias de mais de 26 estados e capital, 44.106 cidadãos receberam a aplicação da primeira dose da vacina.


Doses de vacinas contra o Covid-19. (Foto: Reprodução/Nataliya Vaitkevich/Pexels)


Dentro desses 161 milhões de vacinados com a primeira dose, somente 143,3 pessoas se vacinaram com as doses completas -  ou seja, receberam as duas doses ou o imunizante de dose única -, o que corresponde a 67,19% da população brasileira. Nas últimas 24h, a dose de reforço foi aplicada em 120.723 cidadãos. Com todo o somatório - primeira e segunda dose, mais a terceira dose de reforço (310.786) - o Brasil já administrou mais de  477.753 doses nessa última quinta.

Em uma escala maior, Piauí é o Estado que mais vacinou sua população até o momento: 82,90% dos moradores receberam ao menos a primeira dose. Já o estado em que se encontra com uma porcentagem mais baixa é Roraima, no qual 55,28% já receberam a vacina. Sem falar em termos de porcentagem, o maior número de vacinados com a primeira dose está no estado de São Paulo (38,2 milhões), logo depois vem Minas Gerais (16,6 milhões) e Rio de Janeiro (13 milhões).

 

https://lorena.r7.com/post/Vacinas-Brasil-aplicou-mais-20-milhoes-de-doses-de-reforco

https://lorena.r7.com/post/Estudo-revela-que-Omicron-tem-40-menos-chance-de-hospitalizacao

https://lorena.r7.com/post/Brasil-registra-mais-de-90-mortes-por-covid-19-em-24-horas


O número pode ser considerado elevado em relação à realidade de outros países, levando em conta o tamanho do território e da população brasileira. Além do mais, também iniciamos a vacinação depois de lugares como Reino Unido e Estados Unidos, por exemplo. Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do Covid-19.

 

Foto destaque: Mulher segurando doses de vacina. Reprodução/Frank Meriño/Pexels

Deixe um comentário