Beleza

3 passos essenciais para tratar o melasma com skincare

O melasma são aquelas manchas acastanhadas que aparecem na pele de diversas pessoas. É uma condição muito comum na pele das brasileiras. Veja dicas de como elimina-las!

3 min de leitura
06 Ago 2021 - 23h55 | Atualizado em 06 Ago 2021 - 23h55

O melasma são aquelas manchas acastanhadas que aparecem na pele de diversas pessoas. É uma condição muito comum na pele das brasileiras. 

O melasma causa uma aparência mais envelhecida na pele. Essa condição causa alterações no colageno e na elastina da pele. Os vasos cutâneos na região do melasma estão dilatados e desfuncionais e várias células são aumentadas, deixando a pele mais sensível. A exposição ao sol piora o melasma. Existem produtos clareadores e procedimentos que eliminam a melanina, mas isso não dispensa a rotina de skincare. 

https://lorena.r7.com/post/Descubra-alguns-dos-beneficios-que-o-habito-de-tomar-sol-traz

https://lorena.r7.com/post/5-formas-de-usar-o-abacate-na-sua-rotina-de-beleza

https://lorena.r7.com/post/Os-Protocolos-de-beleza-que-as-atletas-olimpicas-precisam-seguir

Limpeza 

Procure limpar a pele com melasma com produtos suaves, pois é uma pele sensibilizada. Produtos como água micelar, gel de limpeza e cremes de limpeza são indicados. Esfoliantes podem ser dispensados.


Cuidados para tratar o melasma. (Foto: Reprodução/Tenda)


Hidratação 

Toda pele precisa ser hidratada, com o melasma não é diferente. A pele com melasma precisa de hidratação regular para que barreira cutânea seja mantida. Hidratantes comedogenicos devem ser evitados. Produtos a base de ácido hialurônico, glicerina e vitamina E são os mais indicados. Deve ser utilizado pelo menos uma vez por dia. 

Fotoproteção 

A proteção é o fator mais importante no tratamento do melasma, pois a pele é prejudicada quando em contato com o sol. O protetor solar deve ter um número de proteção alto, sendo pelo menos 60 para UVB e 30 para UVA, podendo ser tanto químico, quanto físico. Para a pele com melasma, o ideal é que seja um protetor solar que seja uma combinação dos dois, sendo utilizado pelo menos três vezes ao dia. 

Não existe filtro solar específico para a luz visível, apesar de ser a que mais mancha a pele. O filtro solar para o tratamento do melasma precisa ter pigmento para que promova a proteção em relação a essa luz.

Os cuidados com a pele com melasma são fundamentais para o sucesso do tratamento dessas manchas tão frequentes na pele de tantas brasileiras. 

 

(Foto destaque: 3 passos essenciais para tratar o melasma com skincare. Reprodução/Beauty terapia)

Deixe um comentário