Reality

10ª temporada de The Voice Brasil traz formato inédito com cinco técnicos

A estreia da décima temporada do The Voice Brasil é hoje, 26 de outubro, logo após a novela das nove. Para celebrar 10 anos do reality, a competição musical promete ser ainda mais acirrada com um formato inédito.

3 min de leitura
26 Out 2021 - 15h30 | Atulizado em 26 Out 2021 - 15h30

Estréia nesta quarta-feira (26) a décima temporada do The Voice Brasil trazendo grandes novidades para o público que acompanha o programa. O reality conta com quatro jurados: Carlinhos Brown, Claudia Leitte, Iza e Lulu Santos, líderes dos times que possuem 18 vagas cada um. 

Entra em cena como o quinto músico a compor o júri desta edição, Michel Teló, pentacampeão do programa musical e que agora poderá observar a competição de fora do palco, inclusive reinvindicando os participantes rejeitados para fazer parte da sua equipe e concorrer ao prêmio.

O diretor artístico, Creso Eduardo Macedo, afirma que Teló ganhou cinco vezes o programa e pensou em fazer uma dinâmica em que tivesse uma pessoa olhando o jogo de fora. ''Esta é uma boa oportunidade para criar novas interações e propor uma brincadeira diferente na competição'', apontou.

Carlinhos Brown elogiou a ideia de ter um quinto técnico pois segundo ele, isso aumenta as chances dos participantes. O baiano ainda brincou com o fato de Michel Teló fisgar os candidatos com facilidade. ''Isso vai deixar o programa mais agitado. Temos que ficar atentos porque o nosso Telozinho não deixa escapar nada''.

O sertanejo luta para alcançar o posto de hexacampeão. "Quero que seja um time de superação, de pessoas que teriam que voltar para casa, em um dia que não foram tão bem, e de repente têm outra oportunidade. Vou trabalhar com muito carinho para Time Teló chegar chegando e mostrar que a gente pode se superar", conta Michel. Para o cantor, a parte mais difícil é montar uma equipe e depois desfazê-la até chegar à voz vencedora, pois todos são muito talentosos.


Técnicos do reality musical. Reprodução/TV Globo


Novas regras do jogo

Na primeira fase, de Audições às Cegas, os candidatos são avaliados apenas pela voz e os técnicos, que estão de costas, viram suas cadeiras quando selecionam alguém para seu time. Se mais de um técnico virar, o participante pode escolher com quem quer trabalhar.

Tem ainda o botão de bloqueio, onde um técnico pode bloquear a cadeira do outro, impedindo que ele participe da disputa de um talento. A novidade é que, se o candidato não for eleito por nenhum dos quatro técnicos, ainda pode ser escalado para a equipe de Michel Teló.

Há ainda a fase tira-teima em que Brown, Claudia Leitte, Iza e Lulu precisam diminuir as equipes e selecionarem seis cantores para se apresentarem novamente. Todos se dividem em dupla para concorrer a apenas uma vaga entre si com apresentações individuais. Aquele que não for selecionado, poderá ser escolhido por outros jurados através do ''Peguei'' e concorrerem também às vagas de Teló.

Com as equipes formadas, começam as Batalhas. Os quatro técnicos dividem seus times em duplas e eles irão disputar entre si performando uma mesma canção. Apenas um de cada dupla segue no jogo. Nesta fase, apenas Michel Teló tem o poder de resgatar os talentos eliminados pelos outros técnicos e finalmente completar o seu time.

MC Gui chora em ‘A Fazenda 13’: ‘Estou me sentindo mal’

A Fazenda 13: Em conversa com Erasmo, Dayane afirma sobre torcida de Gabriela Pugliesi: ‘Ela disse que ia me ajudar’

Em ‘A Fazenda 13’, peões criticam atitudes de Bil como fazendeiro: ‘Não vai ver nenhum bicho'

Cinco técnicos na disputa

O Time Teló, já completo, entra definitivamente na competição na fase da Batalha dos Técnicos. Os técnicos desafiam-se entre si para um duelo. Os demais líderes que não estão na disputa definem quem será o vencedor e as vozes perdedores deixam o reality. O técnico que se der bem na disputa tem direito a vantagens na próxima fase.

Começa o Remix, onde cada time tem seis vagas, sendo que três vozes já estão garantidas para a próxima fase. Os demais integrantes terão que se apresentar para disputar as outras três vagas. No primeiro round, são selecionados dois integrantes de cada time para dar continuidade no jogo. Já na segunda rodada, os técnicos voltam a disputar os cantores, com a vantagem do técnico vencedor da batalha poder escolher primeiro.

Ao vivo

Nesta etapa, começam os shows ao vivo e a votação do público. Os técnicos dividem seus times para se apresentarem em trios, sendo que apenas um participante será selecionado pelo público para ir à Semifinal.

Os últimos dois candidatos que restarem em cada grupo realizam apresentações individuais para disputar a grande final. Cabe aos espectadores votarem no seu favorito de cada grupo e o técnico dar uma pontuação bônus para o seu escolhido da vez. O competidor com mais pontuação e votos, será o campeão.

Na grande Final, o público irá definir o vencedor, que levará o prêmio de 500 mil reais e um contrato com a Universal Music.

Os episódios inéditos do The Voice Brasil vão ao ar nas noites de terça e quinta-feira, após a novela Império, com reprises no canal Multishow às quartas e sextas, a partir das 20h30. No Globoplay, o programa é transmitido simultaneamente à TV aberta, às terças e quintas, e fica disponível para assinantes.

No comando da atração, está Tiago Leifert - que faz seu último programa pela Globo antes de se despedir da emissora -, acompanhado por seu sucessor Andre Marques. Jeniffer Nascimento é responsável por mostrar os bastidores. A direção artística é de Creso Eduardo Macedo e a direção de gênero de Boninho.

 

Foto destaque: Júri da décima temporada do The Voice Brasil. Reprodução/TV Globo

Deixe um comentário