BBB21: Patrocinadores querem que a Globo puna agressões psicológicas nas próximas edições

Publicado 08 de Apr de 2021 às 21:14

A edição do BBB21 bateu recorde no número de patrocinadores, mas ao mesmo tempo, foi uma edição marcada por situações de abuso psicológico, racismo, homofobia e machismo. Com isso, os patrocinadores do Big Brother Brasil estão cobrando da Rede Globo ações contra esses atos.

Em um encontro promovido pela agência de publicidade Wunderman Thompson, representantes da Avon e da Coca-Cola, duas marcas patrocinadoras que têm investido pesado no BBB21, fizeram um balanço sobre a conturbada edição e manifestaram suas expectativas de que o reality show mude algumas regras para a edição de 2022, sobretudo, para punir agressões psicológicas. 


Karol Conka, Juliette e Lucas

 Juliette, Karol Conká e Lucas Penteado, participantes do BBB21 (Foto: Reprodução/GloboPlay)


Uma das conversas que a gente teve é a seguinte: faz parte do regulamento do BBB que, se uma pessoa agredir a outra, a direção do programa tem o direito de eventualmente expulsar esse participante. É agressão física. Então, até que ponto vai a agressão psicológica, que pode se tornar tão ruim ou pior que uma pessoa dar um tabefe na cara do outro”, disse Danielle Bibas, vice-presidente de marketing da Avon. “Tem muita gente cobrando a Globo e os patrocinadores sobre o que vai ser feito em relação às regras da casa”, continuou. A executiva ainda exemplificou alguns tópicos: racismo, a verbalização do racismo, assédio moral, assédio psicológico. “O que pode e o que não pode?”, perguntou.

Leia mais: BBB21: Viih Tube comenta sobre Festa do Líder e diz: ‘Idealizei entrar de mãos dadas com a Thaís’

Leia mais: BBB21: Fãs de Arthur fazem vaquinha para o crossfiteiro dar entrada em seu primeiro carro

BBB21: Viih tube fala para Thaís: 'Acho que só a Juliette votaria em você'

A líder da Coca-Cola na América Latina, Poliana Sousa, também manifestou o mesmo posicionamento: “A sociedade não tolera mais. E um programa desses, com alta visibilidade, alta exposição, também é palco para estas discussões. Estamos aprendendo. Acho que a Globo vai aprender e as coisas vão evoluindo com o tempo”, afirmou.

Tendo em vista a próxima edição do programa, Danielle Bibas disse que haverá outras reuniões sobre o tema: “Eu acho que vai ter uma conversa. É impossível essa conversa não chegar à tona de quais são as regras e até onde vai o assédio psicológico dado o que aconteceu esse ano. Acho normal que isso seja debatido e discutido dentro do programa e dentro da emissora”, concluiu.

 

Foto destaque: Elenco do BBB21 reunidos na sala. (Reprodução/GloboPlay)

Deixe um comentário