Money

Volvo aposta em serviço de assinatura de ônibus

A montadora Volvo lançou em um evento online, nesta segunda-feira, um serviço de arredamento de ônibus para empresas. O despachante tem o período de 36 a 60 meses e no final pode optar em continuar ou devolver o veículo para fábrica.

3 min de leitura
21 Set 2021 - 15h30 | Atulizado em 21 Set 2021 - 15h30

A fábricante de automóveis Volvo anunciou nesta segunda-feira (20), no evento de mobilidade Latbus, o lançamento de um serviço por assinatura de ônibus rodoviário, semelhante a que já conhecemos de carros. A prosposta inédita que a companhia oferece é o aluguel dos veículos rodoviários, onde o transportador em vez de comprar o veículo, pode optar por parcelar de 36 a 60 meses  e no final pode escolher em continuar com o veículo ou devolvê-lo a fábrica. O despachante não vai precisar se preocupar com serviços de manutenção e outros custos.

 


                                 

   Ônibus que fará parte do serviço por assinatura. Reprodução/ Twitter


Valter Vapiana, diretor comercial da Volvo Financial Servicies Brasil, explicou como o serviço irá funcionar. “É uma modalidade com diferenciais bastante competitivos e que incorpora um pacote de serviços, como despachante e manutenção, por exemplo, que a Volvo já disponibiliza para caminhões, mas que é inédita para o segmento de ônibus rodoviários de passageiros, turismo e fretamento” disse o executivo.

Com a redução das medidas de restrições de circulação no país e a campanha de vacinação, a montadora espera que, com este programa de arredamento, possa iniciar uma recuperação na demanda de ônibus no Brasil, no terceiro trimestre deste ano. Segundo os executivos em uma apresentação online, desde abril, a empresa monitora um aumento significativo de viagens feitas de ônibus no Brasil.

Os melhores jogos Blockchain Play2Earn e NFT para Android e iOS

Cupom Magazine Luiza oferece desconto em compras online

Usuários do WeChat agora podem acessar links de rivais

A modalidade imposta pela marca sueca é a primeira no Brasil voltada para o segmento rodoviário, como outros executivos da marca já disseram. Segundo Fabiano Todeschini, presidente da Volvo Buses para América Latina "o mercado de ônibus caiu tanto (desde a pandemia) que só podemos melhorar agora". E acrescentou que " O mercado na América Latina está dando vários sinais de que as coisas estão retomando de maneira saudável", disse o executivo no evento online.

A empresa até o momento não revelou sobre os custos e nem sobre as regiões que serão atendidas. A fabricante também não disponibilizou a quantidade de unidades que estarão disponíveis, mas afirmou que incialmente terão uma quantidade limitada de veículos.

 

Foto em destaque: Logo da marca Volvo (Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário