Notícias

São Paulo: chuva derruba 200 árvores e causa queda de energia

Nesta terça-feira (9), São Paulo sofreu consequências das fortes chuvas que alagaram a cidade. Foi relatado o chamado de emêrgencia de 200 árvores caídas e a falta de energia

09 Jan 2024 - 12h22 | Atualizado em 09 Jan 2024 - 12h22
São Paulo: chuva derruba 200 árvores e causa queda de energia Lorena Bueri

Nesta segunda-feira (8), a capital de São Paulo sofreu o efeito de fortes chuvas por toda a região. Com o impacto deste fenômeno, a cidade foi atingida por uma falta de luz pela Zona Sul e Zona Norte. Foi registrado pelo Corpo de Bombeiros o caimento de 200 árvores pela localidade, a cidade encontra-se alagada. O Parque Ibirapuera foi fechado devido às tempestades. 


Chuva em São Paulo (Foto: reprodução/Marcelo Camargo/Agência Brasil)


Cobranças dos moradores com a ENEL

Durante as chuvas, moradores de São Paulo expressam seu descontentamento com a Entidade Nacional de Energia (ENEL), concessionária autora da energia elétrica do estado, e sua demora a realizar a solução da falta de energia. Segundo a Folha de São Paulo, a empresa diz, nesta terça-feira (9), que 70% dos clientes afetados foram atendidos com soluções em relação ao problema. Os moradores passaram mais de 17 horas sem luz elétrica. Com o nível alto de chuvas, a cidade de São Paulo sofre com questões ligadas a eletricidade. 

Em um comunicado, a ENEL informa que "a distribuidora reforçou as equipes em campo e trabalha para normalizar o fornecimento de energia o mais brevemente possível aos clientes afetados".

Temporada de chuvas

O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), alerta os moradores do estado sobre o risco de pancadas de chuva e tempestades pelo resto da semana, o potencial é de que quedas de árvores, alagamentos de rios e córregos aconteçam. A expectativa é de que os órgãos responsáveis pela segurança da população, como o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil, estejam em alerta diante das condições climáticas.

No Sudeste, o Instituto de Meteorologia (INMET) aponta que as chuvas podem ultrapassam 80 milímetros (mm) entre os dias 8 e 15 de janeiro. A previsão é que nas próximas semanas de janeiro as chuvas aumentem e espalhem-se pelo país, assim como as ondas fortes de baixas temperaturas e frentes frias. 

 

Foto destaque: consequências das chuvas em São Paulo (Foto: reprodução/Poder360)

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo