Saúde e Bem Estar

Variante delta avança e sintomas parecem com resfriado

Pesquisa da Fiocruz aponta que a variante delta de covid-19 está presente em todos os estados do país. Sintomas da nova variante podem ser confundidos com resfriado.

3 min de leitura
14 Set 2021 - 20h30 | Atulizado em 14 Set 2021 - 20h30

A Rede Genômica da Fundação Oswaldo Cruz afirma que a variante delta de covid-19 têm avançado nos estados brasileiros e está mais presente nos estados do sul e sudeste. Atualmente, o epicentro da variante delta são os estados Rio de Janeiro e São Paulo. Em São Paulo, a delta está presente em aproximadamente 69% das amostras e, no Rio de Janeiro, a variante é a causa de 80% dos casos de covid-19 no estado. Romeu Zema, governador de Minas Gerais, divulgou através da secretaria de saúde do estado que os casos da variante delta lidera os casos de covid-19.

Estudo aponta de casos da variante delta no estado de São Paulo em setembro

Brasil bate recorde de imunizados contra a covid-19 no período de 24 horas

Covid-19: Mais um medicamento de uso emergencial é aprovado pela Anvisa

 

A Fiocruz afirma que variante delta está presente em todos estados do país, incluindo o Distrito Federal. Somente dois estados não tem casos confirmados da nova variante: Roraima e Acre. A coordenadora do Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz, Marilda Siqueira conta que os dados podem não retratar uma realidade exata da que o país enfrenta, mas que o mais importante é que todos saibam que a variante delta circula por todo o país e que providências sejam tomadas pelos cidadãos e autoridades.


Variante delta de covid-19. (Foto: Reprodução/ Pixabay)


“Temos um cenário epidemiológico que pode ser favorável para que o impacto de entrada da variante delta em vários estados seja seguido por um impacto negativo na mortalidade”, afirma Marilda. Diferentemente da cepa original da covid-19, os infectados pela variante delta não apresentam tosse excessiva, perda de olfato e paladar ou falta de ar. Os sintomas mais comuns da nova variante são semelhantes ao resfriado e podem ser facilmente confundidos com tal, são eles: dor de cabeça, dor de garganta, coriza e febre.

 

 

Foto destaque: Ilustração de pessoas usando máscara. Reprodução/ Getty Images

Deixe um comentário