Saúde e Bem Estar

Vacinação no Rio: Com risco de contágio da variante delta de covid-19, governador do Rio de Janeiro antecipa aplicação da segunda dose das vacinas no estado

Cláudio Castro, governador do Rio de Janeiro, determina a redução do intervalo entre as duas doses das vacinas contra a covid-19 no estado. Com a determinação, é esperada a redução no número de contágio entre as duas doses das vacinas.

3 min de leitura
29 Jul 2021 - 20h25 | Atulizado em 29 Jul 2021 - 20h25

Cláudio Castro (PL), governador do Rio de Janeiro, determinou que todas das cidades do estado diminuam o intervalo das vacinas que exigem uma segunda dose, como é o caso da Coronavac e Astrazaneca. A decisão foi tomada juntamente com o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems). O governador levou em consideração o fato de o estado ter doses em estoque o suficientes para completar o esquema de vacinação para conter a entrada da nova variante de covid-19 no estado, a variante delta.

“Não há nenhum prejuízo nessa antecipação. Nosso objetivo é que tenhamos pessoas imunizadas mais rápido, para evitar a infecção pela covid-19 entre as duas doses. Por causa das novas variantes, a decisão foi bem pensada e debatida.” – afirmou Castro.


Eduardo Paes durante coletiva de imprensa na cidade do Rio de Janeiro

(Reprodução: Beth Santos/ Prefeitura do Rio)


Quando se fala em vacinação contra a covid-19 no estado do Rio de Janeiro, o primeiro nome que vem à cabeça é o de Eduardo Paes (PSD). O prefeito da cidade do Rio está na boca do povo carioca devido a uma brincadeira na internet, onde ele, o governador de São Paulo, João Dória (PSDB) e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB) disputam para ver qual deles vacinam mais pessoas. Na cidade do Rio de Janeiro, a ilha de Paquetá foi o primeiro bairro a contar com 100% da população adulta vacinada e agora o foco está na vacinação para adolescentes e crianças da ilha. Paquetá conta com aproximadamente 4 mil habitantes.

Governo de São Paulo antecipa a vacinação de jovens adultos e adolescentes

Mito desconstruído: Colesterol é vital para o seu corpo

Tóquio bate recorde de casos de covid-19 durante disputa da olimpíadas

O Estado do Rio de Janeiro conta com 10.650.246 milhões de doses aplicadas até o momento, divididas em: 7.493,268 milhões com a aplicação da primeira dose; 2.897.395 milhões com a aplicação das duas doses e 259,583 mil doses únicas aplicadas. Estes dados são referentes ao dia 28 de julho, já que o site é atualizado diariamente. Para acessar o vacinômetro do estado do Rio de Janeiro, clique aqui.

(Foto Destaque: Vacinação no Rio: Com risco de contágio da variante delta de covid-19, governador do Rio de Janeiro antecipa aplicação da segunda dose das vacinas no estado. Reprodução/ Pixabay)

Deixe um comentário