Mundo Animal

Tumores em pets: atenção deve ser redobrada

Apesar de geralmente aparecer com a longa idade, a prevenção é muito importante para garantir a qualidade de vida dos pets e evitar ao máximo seu sofrimento.

3 min de leitura
30 Jan 2022 - 20h19 | Atualizado em 30 Jan 2022 - 20h19

Com a repercussão da recente revelação de Tiago Leifert sobre o câncer de sua filha, muito tem se falado sobre a doença. No entanto, é importante lembrar que o câncer não atinge somente os seres humanos, mas também os animais, principalmente os domésticos. Por ser considerada silenciosa, a doença pode aparecer ao longo do tempo.

Uma pesquisa feita pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), mostrou que as cadelas são as mais vulneráveis em desenvolver tumores, apontando que entre 45 e 50% delas possuem essa possibilidade. Já nas gatas, apesar de ser 20%, o índice não é pequeno. Além disso, os machos também fazem parte desta realidade.

Na maioria das vezes o problema é silencioso e nem sempre há sinalizações sobre o que pode estar acontecendo. A falta de apetite e prostração, que são sintomas mais relatados, podem aparecer apenas no estágio avançado. Por isso, visitas periódicas ao veterinário são de extrema importância para prevenir este mal.


Gatas tem a probabilidade de 20% de desenvolver tumores. (Foto: Reprodução/Pixabay)


Segundo a veterinária do Hospital Veterinário da Universidade Federal Fluminense (UFF), Tábata Maués, o ideal é que exames e avaliações sejam feitas rotineiramente para evitar a doença, e também outras demais. Fazer carinho no corpo do animal para tentar verificar possíveis nódulos presentes também é uma boa prática que pode ser feita no dia a dia.

Apesar de nem sempre ser identificada de primeira, observar alguns comportamentos do pet pode ajudar a entender que algo está acontecendo. Veja alguns sinais que os bichinhos podem indicar:

  • Cansaço e fadiga 
  • Irritação ao ser tocado 
  • Comportamento arredio
  • Mudanças no comportamento
  • Respiração dificultosa ou ofegante
  • Dificuldade para se movimentar ou locomover
  • Perda do controle das necessidades fisiológicas

Contudo, é importante ressaltar que o carinho e cuidado são essenciais em qualquer circunstância, mesmo que seja para prevenir, quanto para tratar. A alimentação saudável, o conforto e companherismo são responsáveis pela melhor qualidade de vida que o animal pode receber.

 

Foto destaque: Cão e gato. Reprodução/Pixabay

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo