Esportes

Tribunal russo sentencia Griner a cumprir nove anos de prisão

Após Brittney Griner receber sentença de nove anos, o presidente Joe Biden se pronuncia e classifica o veredicto como inaceitável. A defesa da atleta irá protestar contra a decisão do júri

3 min de leitura
04 Ago 2022 - 22h00 | Atualizado em 04 Ago 2022 - 22h00

Após ser investigada e julgada por tráfico de drogas com intenção criminosa, Brittney Griner foi considerada culpada pelo tribunal russo. O julgamento foi longo e a situação da jogadora da WNBA foi finalmente decidida pelo tribunal nesta quinta-feira (4).

Além da sentença de nove anos, a atleta deve pagar uma multa de 1 milhão de Rublos, aproximadamente R$ 85.650.

A promotoria russa solicitou pena de nove anos e meio para a jogadora e, após o veredicto final, Griner recebeu sentença quase máxima. 

"A corte ignorou completamente todas as evidências da defesa e, o mais importante, a declaração de culpa", disse a defesa da jogadora, que irá protestar contra a decisão do júri.

Desde 2014, durante os intervalos da WNBA, Griner defende o UMMC Ekaterinburg. 

A atleta revelou que a maconha medicinal seria para tratar lesões crônicas. Dessa forma, traficar drogas para a Rússia jamais foi sua intenção.

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, classificou o veredicto de Griner como inaceitável. O governante publicou uma declaração logo após a divulgação da sentença.


Brittney Griner detida na Rússia. Foto: Reprodução/Pavel Pavlov/Anadolu Agency via Getty Images.


Relembre o caso: 

No dia 5 de março de 2022, foi anunciado pelo Departamento Federal de Alfândega a Rússia a detenção de uma atleta estadunidense no aeroporto de Sheremetyevo, próximo a Moscou. 

A atleta em questão era Brittney Griner, que foi barrada por estar carregando um derivado líquido da maconha. Apesar de ser liberada em quase todo o território dos Estados Unidos, a droga é proibida na Rússia e trouxe sérios problemas para a estrela da WNBA.

Desde então, Griner esteve detida e teve um processo criminal aberto por tráfico internacional e transporte de drogas. Para esses casos, a pena pode chegar a dez anos. 

Durante o recesso da WNBA, várias atletas dos EUA costumam viajar para a Rússia, inclusive Griner. 

Ela se declarou culpada no início de julho, mas sempre negou que tenha sido intencional. Em carta escrita à Joe Biden, a pivô revelou que teme ficar ali (na prisão russa) para sempre. 

Foto Destaque: Brittney Griner. Reprodução/The Washington Post/Getty Images.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo