Música

The Weeknd fala sobre ter sido deixado de lado pelo Grammy

O cantor The Weeknd, em entrevista à revista britânica GQ, falou sobre ter sido deixado de lado pelo Grammy e admitiu ter sentido raiva. O artista também falou sobre vício em drogas e como se sente ao ser comparado com Michael Jackson.

3 min de leitura
03 Ago 2021 - 15h57 | Atulizado em 03 Ago 2021 - 15h57

Em entrevista para a revista GQ britânica, o cantor The Weeknd falou sobre a falta de indicações de seu trabalho na última edição da premiação do Grammy. O artista também falou sobre uso de drogas e como é ser comparado com o Rei do Pop.

Após ser supostamente ignorado pelo Grammy, The Weeknd falou como se sentiu com a situação e admite ter ficado com raiva. “Quando aconteceu, eu tive todas essas ideias e pensamentos. Eu estava com raiva, confuso e triste. Mas agora, olhando para trás, nunca quero saber o que realmente aconteceu”, disse o artista de 31 anos, supostamente deixado de lado pelo Grammy após "escolher" se apresentar no Super Bowl 2021.

Segundo ele, a decisão de não ser indicado à premiação foi tomada baseada na existência de "comitês secretos" na organização do evento. "Não permitirei mais que minha gravadora envie minha música para o Grammy", disse na época.


The Weeknd para a revista GQ. (Divulgação/GQ)


Abel, também conhecido como The Weeknd, afirma não ter mais interesse na premiação. “Eu não tenho interesse. Todo mundo fica tipo: 'Não, apenas faça melhor da próxima vez'. Vou fazer melhor, mas não por você. Eu vou fazer melhor para mim", disse o cantor em outro trecho da entrevista.


Silk Sonic lança clipe de ‘Skate’, seu novo single

Joni Mitchell lança 'The Dawntreader', uma das apresentações no início de sua carreira gravada por Jimi Hendrix

Holograma de Whitney Houston irá fazer uma residência em Las Vegas


Ao ser questionado sobre fazer uso de drogas, o cantor admitiu usar maconha e beber ocasionalmente, mas que gosta de uma vida sóbria. “Gosto de uma vida sóbria. Bebo ocasionalmente. Não bebo muito tanto quanto costumava beber. O romance com a bebida não existe.”, explicou sobre as bebidas alcoólicas. “As drogas eram uma muleta. Era eu pensando que precisava. Sem fazer o trabalho de descobrir como não precisar disso. Passei os últimos anos percebendo isso e agradecendo a Deus por não precisar disso. Porque, para muitas pessoas, é difícil se livrar delas. Mas eu sabia que não queria.

O cantor é frequentemente comparado com o Rei do Pop Michael Jackson e ele diz abraçar este tipo de comparação. “Quando comecei a fazer música, era tudo que eu queria aspirar, assim como qualquer outro músico. Então, quando comecei a receber esse tipo de comparação, eu a abracei, por que quem não gostaria disso?, diz ele.

 

(Foto destaque: The Weeknd fala sobre ter sido deixado de lado pelo Grammy. Reprodução/Twitter)

Deixe um comentário