Cinema/TV

Set de 'Rust' tinha más condições de trabalho, apontam rumores

As investigações e rumores relacionados ao acidente no qual Alec Baldwin matou uma cinegrafista no set do filme 'Rust' apontam que os produtores do filme economizavam excessivamente diante do baixo orçamento que tinham disponível.

3 min de leitura
30 Out 2021 - 19h40 | Atulizado em 30 Out 2021 - 19h40

Diante do acidente ocorrido no set de filmagens de "Rust", no qual Alec Baldwin (63) matou a cinegrafista Halyna Hutchins, de 42 anos, investigações e rumores apontam que o set era inseguro - principalmente pelo preço de se criar um ambiente que impedisse esse tipo de acontecimento.

"Há muita pressão para concretizar os projetos e depois da Covid parece haver inclusive mais pressão porque as pessoas estão tentando lançar seu filmes, têm prazos a cumprir", relatou Joyce Gilliard, figurinista que sobreviveu a uma outra tragédia conhecida em Hollywood enquanto gravava um filme, a qual também causou uma morte. A declaração dela reflete uma nova fase no mercado cinematográfico em que há uma demanda conteúdos novos diante de todas as paralizações feitas por conta da Covid. "Rust", que fazia parte desse contexto de transição do mercado para o momento pós-pandemia, além de protagonizado, estava sendo produzido por Alec Baldwin.


Halyna Hutchins, morta ao 42 anos após tiro acidental em ensaio para o filme "Rust". (Foto: Reprodução/Sonia Recchia/Getty Images/AFP)


Além de sofrer com essa pressa, o filme contava com um orçamento de 7 milhões de dólares - considerado baixo para um filme de ação - e já causava protestos por parte de uma equipe de câmeras que deixou o set pedindo melhores condições de trabalho. Segundo rumores, Alec e os outros produtores estavam economizando ao máximo na produção do filme e, aparentemente, essas economias terminaram causando a contratação de funcionários com menos experiência durante as filmagens.

Segundo Gregory Keating, professor de direito da Universidade do Sul da Califórnia, "É mais caro fazer as coisas do jeito certo". De acordo com ele, se os protocolos fossem seguidos, seria praticamente impossível esse acidente ocorrer.

 

https://lorena.r7.com/post/Casa-Gucci-Atuacao-de-Lady-Gaga-e-elogiada-em-reacoes-da-critica

https://lorena.r7.com/post/Eternos-e-o-filme-mais-criticado-da-Marvel-no-Rotten-Tomatoes

https://lorena.r7.com/post/Filmes-e-series-para-assistir-nesse-Halloween


Os produtores do filme não quiseram comentar o assunto, mesmo após vários pedidos da AFP (agência de notícias francesa), e a polícia não descarta a possibilidade de crime. Além disso, o diretor-assistente, Dave Halls, já esteve envolvido em um acidente causado por negligência durante a produção de um filme. Ele teria negado a utilização de uma almofada de queda, fazendo com que a atriz Carol Sutton, que tinha 74 anos na época, se ferisse. No caso de "Rust", ele teria dado a arma a Baldwin sem checar que estava carregada com munição de verdade, causando, assim, a morte da cinegrafista.

 

Foto Destaque: Alec Baldwin. Reprodução/Santa Fe New Mexican

Deixe um comentário