Esportes

Rayssa Leal faz história e vence etapa do Mundial de Skate Street

Medalhista de prata nas Olimpíadas de Tóquio, Rayssa Leal fez história mais uma vez ao vencer etapa do Mundial de Skate Street no Arizona. Pâmela Rosa ficou em quarto.

3 min de leitura
30 Out 2021 - 20h00 | Atulizado em 30 Out 2021 - 20h00

Desde as Olímpiadas que Rayssa Leal não para de alcançar marcas histórias e se consagrar como uma das melhores esportistas do país. A menina de 13 anos disputou, neste sábado (30), a final do Circuito Mundial de Skate Street, desta vez, no Arizona, em Lake Havasu. 

A maranhense alcançou marca histórica no SLS (Skate Street) ao se tornar a primeira competidora a vencer duas etapas seguidas no mesmo ano. Pâmela Rosa também representou o Brasil e ficou na quarta colocação. Gabriela Mazetto não conseguiu chegar a etapa final. 


Rayssa Leal em Lake Havasu (Foto: Reprodução/Instagram)


Rayssa começou tímida na primeira volta e mesmo errando algumas manobras ao fim, conseguiu a segunda melhor nota, ficando atrás da japonesa Funa Nakayama, medalhista de bronze em Tóquio. Nas manobras, Rayssa acertou a primeira com backside smith, fazendo 6.1 pontos. Após um erro de Funa Nakayama, as três representantes brasileiras assumiram as três primeiras posições mas na quarta tentativa, Gabriela falhou e ficou em sexto lugar, com 13 pontos. 



Depois da sequência de boas pontuações de Pâmela e Rayssa, a disputa ficou entre Brasil e Japão, com Momiji e Funa. Pâmela subiu uma posição ao abrir a rodada final e as duas japonesas erraram na primeira tentativa, assim como Rayssa, que não conseguiu finalizar a manobra. Na penúltima tentativa, Nishiya se recuperou e conseguiu a maior nota da etapa, com 8.0 pontos, assumindo a liderança no lugar de Rayssa. 

Para conquistar o troféu, Rayssa precisava de uma nota acima de 5.7 e ao repetir a mesma tática da etapa em Salt Lake City, a maranhense acertou um flip 50-50 de backside, somou 6.3 pontos e pôs as mãos no troféu. Momiju Nishiya ficou em segundo lugal, com 18.5 e Funa Nakayama somou 16.1, ficando em terceiro. 

CSA bate o Vasco por 3 a 1 em São Januário

Adversário europeu para amistosos da seleção brasileira no Mundial 2022 traz dúvidas

STJD absolve Fred do Fluminense por lance com Ronald do Fortaleza

 


Rayssa Leal vence a etapa de Lake Ravasu (Foto: Jamie Squire/AFP)


Com o Super Crown (Final do Torneio) se aproximando, Rayssa está cada vez mais conquistando seu espaço e já é favorita para vencer. Em 2019, a grande campeã foi a brasileira Pâmela Rosa e Rayssa já havia ficado em segundo, com apenas 11 anos. O Super Crown será na Flórida, nos dias 13 e 14 de novembro. 

Foto destaque: Rayssa Leal. Reprodução/Instagram

 

Deixe um comentário