Olho de cabra e cérebro de bode: relembre os cardápios das primeiras edições de 'No Limite'

Publicado 22 de May de 2021 às 13:20

Os participantes de No Limite precisam enfrentar sol, provas de resistência, cansaço físico, exaustão mental e muitos pratos exóticos. Nas primeiras edições do reality, os jogadores degustaram olhos de cabra, minhocas vivas, fígado cru, ovo fecundado e outras iguarias.

Esse banquete diferenciado rende memórias até hoje. A vencedora da primeira temporada do programa, Elaine Melo, conta sobre a aflição que sentiu ao comer olho de cabra, mas garante que o prato exótico não é ruim. Ela explica que o psicológico fala mais alto do que o próprio gosto da comida, e compara o sabor da iguaria à tinta de polvo.

Elaine também relembra a sensação de provar de cérebro de bode. Inclusive, o prato agradou a vencedora da edição. Ela diz que não sabe se foi um efeito da fome que sentia, mas afirma que amou o gosto.


Conhecido como ovo galado, o ovo fecundado é muito consumido no Brasil. (Reprodução/Globo)


Apesar de soar estranho, cérebro de bode e cabeça de galinha são iguarias servidas em algumas regiões do Brasil. Entretanto, essas comidas diferenciadas não causam danos à saúde, a menos que a pessoa seja alérgica.

Como explicam alguns nutricionistas, apenas alimentos contaminados podem causar mal-estar. Geralmente reações como náuseas, vômitos e diarreia são respostas psicológicas ao nervosismo e ao estresse do jogo.

Além disso, vale ressaltar que alimentos exóticos precisam de um armazenamento adequado e uma boa preparação. Por isso, é necessário ficar atento à produção, manipulação, tempo de refrigeração, congelamento e às condições de cozimento desses pratos.


No Limite: descubra quem são os participantes favoritos da edição

Angélica fala sobre sua experiência em ‘No Limite’: ‘para mim foi bem punk’

'No Limite', Marcelo Zulu, chama atenção pelos conselhos dados dentro do reality


Ana, mãe de Arcrebiano, revelou que as iguarias podem atrapalhar o desempenho do ex-BBB no jogo. Durante uma entrevista ao Gshow, ela explicou que há uma chance de o modelo não se adaptar aos pratos exóticos. Já Marina, mãe de Viegas, contou que o paulista não consome certos alimentos.

 

(Foto destaque: Olho de cabra e cérebro de bode: relembre os cardápios das primeiras edições de 'No Limite'. Reprodução/Globo)

Deixe um comentário