No Limite: Saída de Bil e treta de Zulu com Paula e Viegas marcam o quinto episódio

Publicado 08 de Jun de 2021 às 12:00

Quer saber o que rolou no quinto episódio do reality show de sobrevivência da Rede Globo? Em termos de prova, a dinâmica de privilégio ficou nas mãos da tribo calango, mas a atividade de imunidade foi vencida pela tribo carcará.

O quinto episódio do "No Limite", exibido na noite de ontem (07), ficou marcado pela eliminação de Arcrebiano após novo revés da tribo calango em uma prova de imunidade. Outro momento quente do reality show da Rede Globo aconteceu numa discussão de Paula Amorim e Viegas com Marcelo Zulu sobre a tribo carcará ter apenas um único líder para orientar nas provas. Além disso, o cantor Wesley Safadão também se tornou destaque do programa por comandar uma apresentação especial em um luau para os membros da tribo calango, que ganharam a prova de privilégio.

Após duas derrotas seguidas da tribo Carcará em provas de imunidade, que resultaram nas eliminações de Lucas Chumbo e Ariadna Arantes, Paula Amorim abriu o episódio chamando a atenção dos colegas de acampamento para darem ouvidos as opiniões da ala feminina do grupo. "É importante a gente ser ouvida no mesmo nível que os meninos são ouvidos. A gente tem ideias legais que poderiam fazer a gente ganhar uma prova, mas as vezes eles são relutantes em aceitar", disse. Viegas, Gui Napolitano e Marcelo Zulu, os homens do grupo Carcará, ouviram atentamente o discurso da ex-BBB 18.

O clima não estava dos melhores na tribo Carcará antes das disputas de provas. Viegas ficou incomodado com os comentários de Íris Stefanelli no dia a dia e a repreendeu por trazer mensagens negativas: "Caramba, se depender de positividade", declarou o músico. "O maior problema da Íris é ela mesmo. Na maioria das vezes, ela se boicota", completou. Íris evitou entrar em confronto e explicou ser uma pessoa brincalhona."Estou brincando, Viegas. Esse é o meu jeito. Estou tomando cuidado com o que falo", disse.


 (reprodução/Uol/No Limite- no quinto episodio, o clima esquenta entre alguns participantes) 


Em prova de equilíbrio, concentração e boa mira, as tribos foram divididas em duplas para atravessar um circuito equilibrando uma bola em trombos de bambu. Ao final, eles ainda tinham que acertar três bolas num cesto para ganhar. A disputada foi bem acirrada em vários trechos do circuito, mas a tribo Calango teve um desempenho com menos erros e ganhou a prova que dava mantimentos especiais, além de um luau especial com o cantor Wesley Safadão.

Com a derrota na prova de privilégio, a tribo carcará entrou em debate sobre o que poderiam mudar paras as próximas dinâmicas. Viegas, então, sugeriu que Paula se tornasse a líder da equipe por ter uma visão de jogo diferenciada. "Na hora das provas, eu acho que você poderia ser um capitão ali. Eu acho que você tem uma visão de jogo. Não quer dizer que vá definir as coisas sozinho, mas acho que em algum momento a gente precisa desse lance de o plano é esse", disse.


(reprodução/uol/no limite: Íris faz queixa sobre os colegas)


Zulu reprovou a ideia de colocar um 'chefão' no grupo. "Eu não vejo necessidade. De repente, isso desconcentra", argumentou. Paula, então, interrompeu o colega de "No Limite" e explicou que Viegas está falando sobre orientações para a disputa de provas. "Quando o Viegas falou de capitão, não foi para ficar falando no meio da prova. É pra organizar o início, falar das regras e repassar as coisas", pontuou.

Viegas tentou justificar a sua proposta, mas Zulu seguiu irredutível com a proposta de mudança nos rumos e deixou a conversa, literalmente, cuspindo fogo. "Pessoal, acho que não tem que ficar procurando se faltou uma reuniãozinha. Nós executamos a tarefa pior que eles. Não tem que trazer aqui uma busca de erros. Eu não acho que é necessário isso", pontuou.

A tribo Carcará decidiu fazer um luau improvisado dentro do acampamento para descontraírem após o dia de frustração. Eles decoraram o local com folhas, comeram frutas e cantaram e dançaram para pôr fim ao climão das derrotas seguidas nas últimas provas. Até Íris, que Viegas apontou ser negativa, comemorou o bom clima da festa. "Pela primeira vez, eu vi que teve uma brincadeira e comecei a me achar", brincou.

Em jogo da discórdia, cantoras trocam ofensas aos gritos; web repercute 

Núbia Oliiver luta para provar inocência

 

‘American Horror Stories’, spin-off de ‘AHS’ tem data de estreia definida e nomes de peso no elenco

O cantor Wesley Safadão foi o responsável por comandar um luau especial para a tribo calango. Os "No Limiters" ganharam churrasco e cerveja e cantaram e dançaram com as músicas do artista. "Que honra para mim. Estou muito feliz de estar com vocês. Imagino que esteja uma loucura aqui e a gente vai fazer um som para a gente se divertir", agradeceu Safadão.

No desafio que garantia mais uma semana no reality, as tribos tiveram o desafio de pescar chaves para abrir cestos para pegar cocos. A tribo Calango assistiu Kaysar quebrar uma das chaves na segunda etapa da dinâmica e viu a tribo Carcará concluir a prova com tranquilidade. "Me senti chateado comigo mesmo, precisava de mais delicadeza e paciência, que eu não tenho muito. Acabei quebrando a chave", desabafou Kaysar.

Em meio a angústia do grupo calango para decidir quem seria o alvo de voto no portal da eliminação, Arcrebiano anunciou que não estava 100% focado e pediu para os colegas votarem nele por entender que poderia prejudicar a equipe. Kaysar, André e Carol Peixinho tentaram fazê-lo mudar de ideia, mas não tiveram sucesso e, no fim das contas, acataram seu pedido na votação eliminatória. Assim, Bil se tornou o quinto eliminado do reality show de sobrevivência da Rede Globo. Em análise de sua trajetória no jogo, o modelo declarou sair feliz por ter conseguido ser um competidor de alto nível: "Fiz o meu papel. Errei, acertei e aprendi muito com eles. Sou um cara que gosto muito de competição e dei o meu máximo em cada prova."

Vencedores da prova de imunidade do 5º episódio, a tribo Carcará tem seis participantes (Elana Valenaria, Gui Napolitano, Íris Stefanelli, Marcelo Zulu, Paula Amorim e Viegas) no jogo. O grupo perdeu os integrantes Lucas Chumbo e Ariadna Arantes. Já a tribo Calango perdeu o seu terceiro participante com a saída de Bil. A equipe agora é formada por cinco membros: André Martinelli, Carol Peixinho, Gleici Damasceno, Jéssica Mueller e Kaysar Dadour. Mahmoud Baydoun e Angélica Ramos são os outros eliminados do jogo que pertenciam ao grupo

 

 

(Foto destaque: Reprodução/Terra/No Limite/ No quinto episodio tem treta no reality)

Deixe um comentário