Cinema/TV

Nia DaCosta se torna primeira diretora negra a ficar no topo das bilheterias dos EUA

Com o sucesso do filme de terror A Lenda de Candyman, Nia DaCosta se torna a primeira diretora negra a ter um filme na liderança das bilheterias dos Estados Unidos.

3 min de leitura
31 Ago 2021 - 14h00 | Atulizado em 31 Ago 2021 - 14h00

Diretora de A Lenda de Candyman, Nia DaCosta se tornou a primeira diretora negra e liderar as bilheterias estadunidenses com o filme de terror estreando em primeiro lugar na última sexta-feira (27). As outras duas diretoras que chegaram perto da marca, Ava DuVernay, com Selma Uma Dobra no Tempo, e Gina Prince-Blythewood, com Além dos Limites, estrearam no segundo lugar. O remake e "continuação espiritual" do clássico O Mistério de Candyman, de 1992, arrecadou US$ 22,3 milhões nos seus primeiros dias em cartaz.


Sério You ganha data de estreia na Netflix

Dave Franco dirigirá "Somebody That I Used to Know" da Amazon

Kevin Feige comenta sobre rumores de que Secret Wars será o próximo crossover do MCU


Além de comprovar mais uma vez que trazer pessoas negras atrás e à frente das câmeras não tira o apelo que um filme pode ter para o público geral, os números de A Lenda de Candyman indicam que os estúdios devem se dispor a correr riscos. O filme foi muito elogiado pelos críticos por sua originalidade, tanto devido à influência do diretor Jordan Peele (Corra! Nós) no roteiro quanto ao talento de Nia DaCosta na direção, trazendo um elemento de perigo, presença do desconhecido e uma execução competente. Elogios da crítica nem sempre são sinônimos de boa bilheteria, mas Candyman parece ter trazido originalidade e qualidade suficiente para satisfazer os dois, saindo das fórmulas mais clichês do gênero.

Antes de A Lenda de Candyman, DaCosta havia dirigido apenas um filme, o thriller Passando dos Limites, estrelado por Tessa Thompson e Lily James como duas irmãs que recorrem ao tráfico de drogas para se sustentar. A cineasta irá dirigir o filme The Marvels, um dos próximos lançamentos do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel) que servirá de continuação para Capitã Marvel e para a vindoura série Ms. Marvel, que introduzirá a heroína Kamala Khan. O longa tem estreia prevista para 11 de novembro de 2022 nos Estados Unidos.


Pôster de A Lenda de Candyman (Foto: Reprodução/Twitter)


A Lenda de Candyman traz, além de DaCosta na direção e Jordan Peele no roteiro e na produção, Win Rosenfeld (Além da Imaginação) no roteiro e Yahya Abdul-Mateen II, Teyonah Parris e Tony Todd (o Candyman original) no elenco. O filme se passa na mesma vizinhança que o longa original, Cabrini Green, zona periférica de Chicago que se tornou uma área urbanizada. Ele já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

 

(Foto de destaque: a diretora Nia DaCosta. Foto: Reprodução/Twitter)

Deixe um comentário