Bem Estar

Ministério da Saúde lança campanha contra obesidade infantil

Ministro da Saúde Marcelo Queiroga apresentou hoje o lançamento da Campanha Nacional de Combate e Prevenção à Obesidade Infantil. R$ 90 milhões serão destinados para campanha, visando fortalecer o cuidado e a nutrição dos jovens brasileiros

3 min de leitura
10 Ago 2021 - 18h34 | Atualizado em 10 Ago 2021 - 18h34

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, apresentou hoje (10) o lançamento da Campanha Nacional de Combate e Prevenção à Obesidade Infantil. A pasta coordenará um esforço de diversos setores com o objetivo de reverter os números da obesidade infantojuvenil no Brasil.

Segundo dados do próprio ministério, 7 % (6,4 milhões) das crianças brasileiras menores de 5 anos estão com sobrepeso, e 3 % (3,1 milhões) podem ser consideradas obesas

https://lorena.r7.com/post/Vacina-Rio-pode-interromper-campanha-pela-segunda-vez-em-menos-de-um-mes

https://lorena.r7.com/post/Pandemia-Brasil-atinge-o-10-dia-com-media-movel-abaixo-de-mil-mortes

https://lorena.r7.com/post/Estudos-apontam-que-a-longevidade-pode-estar-ligada-com-a-saude-intestinal

 

Queiroga anunciou que R$ 90 milhões serão destinados para campanha, visando fortalecer o cuidado e a nutrição dos jovens brasileiros. O ministro também reforçou a valorização da Atenção Primária à Saúde (APS), um dos principais pilares do SUS:

Vamos melhorar a Atenção Primária. Para isso, precisamos de toda a estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS) através dos municípios que, na prática, são quem implementam esses programas. A organização tripartite do SUS é a principal arma para que consigamos executar essa tarefa de maneira eficiente”, disse.


Os Ministros Marcelo Queiroga e Milton Ribeiro apresentam a nova campanha contra a obesidade infantil( Myke Sena/ saude.gov.br)


Os municípios que se encontram nos critérios estabelecidos no texto já podem realizar o incentivo financeira a partir desta quarta-feira (10) até 20 de setembro deste ano.

O evento contou com a presença do ministro da Educação, Milton Ribeiro, na busca de uma ação coletiva para melhorar a alimentação das crianças seja na escola ou em suas casas:

O que o Ministério da Saúde está fazendo hoje é algo importantíssimo porque somente os que têm conhecimento técnico podem orientar o que o MEC vai colocar nas nossas escolas para as crianças. Todos os anos nós gastamos R$2,5 bilhões com programa de alimentação escolar nas escolas públicas para colocar comida nas mesas das nossas crianças brasileiras. E o que foi decidido hoje vai orientar a como os gestores lá da ponta podem trabalhar”, afirmou.

Com o lema “Vamos prevenir a obesidade infantil: 1,2,3 e já!”, a campanha busca reforçar a responsabilidade para uma alimentação saudável, além da pratica de atividades físicas.

Foto de capa: menina comendo melancia ( Cottonbro/ Pexels.com) 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo