Meryl Streep conta uma experiência 'horrível' que teve durante filmagens de 'O Diabo Veste Prada'

Publicado 15 de Jun de 2021 às 16:46

A atriz Meryl Streep, três vezes ganhadora do Oscar, se reuniu com os colegas do elenco de O Diabo Veste Prada para falar do filme no aniversário de 15 anos da produção. Nela, a atriz encarnou a editora-chefe Mirando Priestley, que, apesar de não ter rendido um Oscar, faz sucesso com o público até hoje como personagem que todos amam odiar. Durante a entrevista para a Entertainment Weekly, Meryl contou que decidiu atuar segundo o Método Stanislavski, onde o ator ou atriz fica dentro do personagem mesmo quando não está em cena, e por isso se sentiu extremamente desanimada no set.

"Foi horrível! Eu estava miserável mo meu trailer. Eu podia ouvir todos curtindo e rindo", ela diz. "Bem, é o preço que se paga por ser a chefe! Foi a última vez que eu tentei isso do Método."


See: segunda temporada é anunciada

Roteirista de 'Zatanna' revela que quer fazer filme sombrio

Globo investe no cinema nacional


As companheiras de elenco, Emily Blunt e Anne Hathaway, corroboram a experiência de Streep nas filmagens. Blunt fala que Meryl é muito divertida e sociável e que não deve ter sido divertido para ela se isolar, já Hathaway disse que se sentiu sim intimadada, mas que sabia que "qualquer coisa que ela estivesse fazendo para causar aquele medo, eu apreciaria porque eu também sabia que ela estava ali cuidando de mim". Hathaway também conta como, ao se sentir pressionada numa cena, a forma como a atuação de Meryl a afetou para melhor sua própria atuação, ajudando-a a romper a barreira que a estava travando.


Anne Hathaway, Meryl Streep e Emily Blunt em cena de O Diabo Veste Prada (Reprodução/Twitter)


O filme O Diabo Veste Prada foi baseado no livro de mesmo título lançado em 2003. Nele, Andy (Anne Hathaway) é uma jovem recém-formada e sonhadora que vai trabalhar na conceituada revista de moda Runway como assistente da severa e assustadora editora-chefe Mirando Priestley (Meryl Streep). O trabalho começa a esgotar Andy emocionalmente e a moça questiona suas escolhas de carreira.

O longa foi um sucesso mundial, fazendo 326 milhões de dólares, tendo sido feito com o orçamento de 35 milhões. Dirigido por David Frankel, o filme também tem Stanley Tucci, Gisele Bündchen, Tracie Thoms, entre outros no elenco.

A entrevista com o elenco pode ser assistida e lida na íntegra, em inglês, no link do Entertainment Weekly.

(Foto destaque: Meryl Streep em O Diabo Veste Prada. Reprodução/Twitter)

Deixe um comentário