Música

Marylin Manson é acusado de assédio sexual e cárcere privado

Em entrevista à revista Rolling Stones, vítimas de assédio sexual e cárcere privado provocados por Marylin Manson, relataram sobre os abusos sofridos, que eram cometidos em um quarto de vidro a prova de som.

3 min de leitura
17 Nov 2021 - 22h00 | Atulizado em 17 Nov 2021 - 22h00

Vítimas de abuso sexual de Brian Warner, cantor conhecido como Marylin Manson deram diversas declarações à revista Rolling Stones sobre as violências sofridas, além de sofrerem cárcere em um quarto de vidro a prova de som localizado no apartamento de Manson, em West Hollywood, Califórnia.

Ashley Walters, ex-assistente de Marylin Manson, informou que o artista possui um quarto de vidro, aproximadamente do tamanho de um provador de roupas e que "Ele sempre tinha um tom de piada, se gabando" quando contava para outras pessoas de suas práticas envolvendo o quarto, ao qual chamava de "Quarto das Meninas Más". Outra vítima, Ashley Lindsay Morgan, informou ter sido obrigada a passar horas dentro do quarto e denunciou o cantor por abuso sexual e cárcere privado.


 

Atriz Evan Rachel Wood (Foto: Reprodução/Instagram)


 

Um caso conhecido é o da atriz Evan Rachel Wood (Westworld), que namorou Manson de meados de 2007 a 2010, quando ficaram noivos, mas acabaram cancelando o noivado no mesmo ano. Em 2016 ela informou para um repórter da revista Rolling Stones que havia sido vítima de estupro em duas ocasiões, porém não revelou seu agressor. Em 2018 ela testemunhou perante o Subcomitê Judiciário da Câmara dos Estados Unidos sobre Crime, Terrorismo, Segurança Interna e Investigações como sobrevivente de violência doméstica e estupro onde descreveu sobre os abusos físicos e psicológicos sofridos revelando apenas em 1º de fevereiro deste ano que seu abusador era Brian Warner, conhecido como Marylin Manson.


Publicação da atriz Evan Rachel Wood em que acusa Marylin Manson de abuso (Foto: Reprodução/Instagram)


Após a postagem da atriz na internet outras quatro vítimas foram a justiça contra o cantor pelos mesmos motivos. Sarah McNeilly, Ashley Lindsay Morgan, Ashley Walters e Gabriella informaram sobre os abusos sofridos às autoridades.

O advogado de Manson emitiu um comunicado sobre a posição do artista: "nega veementemente toda e qualquer acusação de assédio ou abuso sexual de qualquer pessoa." E alega ser vítima de "um ataque coordenado por antigas parceiras e associados com o senhor Warner, que tornaram os detalhes mundanos da vida pessoal dele e de seus relacionamentos consensuais em uma arma."

 

 

https://lorena.r7.com/post/Homem-Aranha-Sem-Volta-para-Casa-tem-novo-trailer-divulgado

https://lorena.r7.com/post/Downton-Abbey-2-Uma-Nova-Era-ganha-primeiro-teaser

https://lorena.r7.com/post/Leonardo-Dicaprio-e-Jennifer-Lawrence-alertam-sobre-extincao-em-novo-trailer-de-Nao-Olhe-Para-Cima


 

A última postagem no instagram oficial do cantor foi sobre as acusações sofridas, em tradução livre, o texto da publicação diz: ‘Obviamente, minha arte e minha vida sempre foram ímãs para polêmica, mas essas afirmações recentes sobre mim são distorções horríveis da minha realidade. Meus relacionamentos íntimos sempre foram inteiramente consensuais com parceiros que pensam da mesma maneira. Independentemente de como - e por que - os outros agora estão optando por representar mal o passado, essa é a verdade.’

 

Foto Destaque: O cantor Marylin Manson/Reprodução/Instagram

Deixe um comentário