Luísa Sonza lança no dia do seu aniversário o álbum: 'Doce 22'

Publicado 18 de Jul de 2021 às 17:00

Luísa Sonza, lançou neste domingo (18) o álbum 'Doce 22', no dia em que completa 23 anos de idade. O álbum estava previsto para ser lançado no final de Junho porém, a cantora decidiu dar uma pausa na carreira depois de ter sofrido inúmeros ataques após a morte do filho de Whindersson Nunes e Maria Lina que nasceu prematuro.

A cantora explica porque está lançando o álbum neste momento apesar de ainda não ter se recuperado de todos os ataques sofridos. De acordo com Luísa Sonza: “Estava péssima. Não deu para me recuperar, mas tenho um monte de contrato para cumprir, equipe grande para sustentar, meus fãs preocupados e minha família para cuidar. Uma hora tinha que seguir em frente. Mas estou em um processo ainda. Essa pausa foi só uma fuga que eu tive. Minha cabeça está do mesmo jeito e o trabalho acumulado. Não sei como vou lidar com tudo isso, mas estou aqui lidando. Estou lidando com depressão, pânico e ansiedade. Eles não sumiram”.


 

Luísa Sonza se desespera após sofrer ataques depois da morte do filho de Whindersson Nunes. Reprodução/Instagram

 


 

Luísa se dedicou durante 14 meses para produzir esse álbum, a cantora não compôs apenas as músicas, ela também produziu e dirigiu artisticamente todo o projeto. O álbum é dividido em lado A onde a cantora apresenta músicas mais alegres, sensuais e dançantes e um lado B que aborda um lado mais vulnerável da sua personalidade. A cantora aproveitou para se libertar de todos os rótulos e lançou no novo álbum ritmos como sertanejo, ritmos tradicionais do Sul, funk e blues.

Segunda Luísa: “Escrevi tudo o que estava sentindo em 2020, que foi um ano muito louco, no bom e no péssimo sentido. Até hoje tive que me mostrar muito forte e provar que eu aguentava. Me fechei muito. Me sinto muito feliz de poder estar mostrando uma nova Luísa, que está se permitindo ser vulnerável. Senti um alívio enquanto estava fazendo. Foi tudo muito pessoal. Chorei praticamente no lado B inteiro. A maioria das músicas escrevi sentada no chão. Foi muito intenso. Em alguns momentos desliguei todas as luzes do ambiente que eu estava e chorei muito”.

 

https://lorena.r7.com/post/Cunhada-do-Youtuber-Fred-encanta-os-internautas-ao-mostrar-foto-do-pequeno-Cris

https://lorena.r7.com/post/Spike-Lee-comete-gafe-e-anuncia-vencedor-da-Palma-de-Ouro-antes-da-hora

https://lorena.r7.com/post/Rafa-Brites-e-Felipe-Andreoli-anunciam-que-serao-pais-pela-segunda-vez

 

De acordo com a cantora: “Esse ano tive que aceitar as minhas vulnerabilidades. Não é algo que eu sentei 14 meses atrás e falei, ‘agora vou fazer o álbum como eu sou isso ou aquilo’. Falo sobre amor, sexo, não se sentir amada, dinheiro, sobre tudo ... Não programei nada. Isso é o mais assustador. É um álbum consciente, mas muito inconsciente também. Acho que nunca me joguei desse jeito e expus das minhas vulnerabilidades como estou fazendo. Está vindo muito sem filtro. É a Luísa Gerloff Sonza. Nunca fui assim para o público”.

(Foto destaque: Luísa Sonza lança no dia do seu aniversário o álbum Doce 22. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário