Esportes

Koeman fala sobre ataque dos torcedores do Barcelona

Ronald Koeman enfrentou ataque de torcedores do Barcelona na saída do Camp Nou após a derrota para o Real Madrid. O técnico falou sobre o ocorrido nesta terça (26).

3 min de leitura
26 Out 2021 - 19h35 | Atulizado em 26 Out 2021 - 19h35

Ronald Koeman comanda o Barcelona que não vive uma boa fase atualmente e a derrota no El Clássico contra o Real Madrid por 2 a 1, deixou os torcedores ainda mais revoltados. A demissão do técnico é assunto entre os torcedores há algum tempo e ao fim da partida neste domingo (24), Koeman enfrentou dificuldades ao deixar o Camp Nou

 

O técnico holandês, que estava na companhia de sua esposa, teve seu carro rodeado por torcedores na saída do estádio, sua passagem foi travada e seu carro danificado. Koeman também foi insultado e ofendido, porém, em entrevista nesta terça-feira (26), o técnico afirmou não ter sentido medo.  


 

Koeman no comando do Barcelona (Reprodução / Getty Images) 


 

"Tinha gente filmando para um documentário. Tenho tudo gravado. Não fiquei com medo. Teve um momento em que disse 'estou saindo' e minha esposa me disse que era melhor não", contou Koeman. O comandante do Barcelona não generalizou a situação e disse que o que enfrentou, era um problema social. 

"O ambiente no campo foi oposto. Mesmo quando estávamos a perder por 0 a 2. Não se deve ficar a pensar muito nessas pessoas. Parece que só aconteceu comigo, mas jogadores, e as suas famílias, passaram pelo mesmo. Talvez comigo, porque sou o responsável, os atos tenham sido mais exagerados, mas até o Puyol passou por isso. É um problema social que existe em todo o mundo", disse ele.

 

Athletico volta com titulares para semifinal contra o Flamengo

Atacante Pedro, do Flamengo, deixa hospital após cirurgia no joelho

Luxemburgo afirma que quer permanecer no Cruzeiro em 2022


 

Em nota, o Barcelona condenou a atitude de sua torcida. "O FC Barcelona condena publicamente as ações violentas e desdenhosas vividas pelo nosso treinador após deixar o Camp Nou. O Clube tomará medidas disciplinares e de segurança para garantir que tais eventos infelizes não voltem a acontecer".  



 

O Barcelona estacionou na nona posição no Campeonato Espanhol e venceu apenas uma partida pela Champions League, contra o Dynamo Kiev. Koeman também falou sobre sua posição na equipe estar sendo ameaçada. "Sou velho nisso, quero desfrutar do ambiente que havia outro dia no estádio. Aceito os resultados. Eu quero curtir, seja oito anos, seja um ano, seja três meses. Se chega um dia que não desfruto, vou embora e me dedicarei a jogar golfe cinco dias por semana. Entendo que é uma situação delicada, mas há futuro neste clube", finalizou o treinador.  

 

A próxima partida do Barcelona será nesta quarta-feira (27), contra o Rayo Vallecano, pela 11ª rodada da La Liga. 

 

Foto destaque: Ronald Koeman. Reprodução / Getty Images 

 

Deixe um comentário