Saúde

Israel registra primeiro caso de flurona

Uma jovem grávida, em Israel, é diagnosticada com o vírus da gripe Influenza e também a nova variante Ômicron, sendo o primeiro caso da manifestação de ambos vírus ao mesmo tempo

3 min de leitura
03 Jan 2022 - 09h00 | Atualizado em 03 Jan 2022 - 09h00

Em Israel, uma jovem grávida apresentou sintomas leves de um raro tipo de infecção causada pelo vírus da gripe e da Covid-19. O título de “flurona”, nasce da junção de “flu” (gripe em inglês) e corona. De acordo com a mídia do país de origem, a mulher foi internada no Rabin Medical Center, em Petah Tikva.

Os médicos alegaram que a jovem não havia tomado a vacina contra a covid-19 e nem contra a influenza, o que possibilitou a manifestação conjunta dos dois vírus. Ainda de acordo com Arnon Vizhnitser, diretor do Departamento de Ginecologia da unidade de saúde, as doenças são similares, e ambas causam dificuldade para respirar, devido atacarem o trato respiratório superior.

O Ministério de saúde de Israel vem acompanhando esse primeiro registro de “flurona” no mundo, e visam validar se a ocorrência simultânea dos vírus agravam o quadro do paciente. Para o Instituto, há possibilidades de casos semelhantes, quando o registro aproximado de 2 mil pessoas testa positivo para a variante Ômicron do SARS-CoV-2, e, os casos dessa nova variante da Covid-19, vêm aumentando.


Variante Ômicron (Foto: Reprodução/Poder360)


Os especialistas alertam sobre o risco de circulação da influenza e da variante Ômicron, em principal para os cidadãos mais vulneráveis, já que os vírus afetam o sistema respiratório superior.

Ainda nessa primeira semana de 2022, especificamente domingo (2), o primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett, anunciou a liberação da quarta dose da vacina contra o coronavírus para cidadãos israelenses de 60 anos ou mais. Essa medida foi tomada com o aumento dos casos de Ômicron no país – a variante foi identificada no final de novembro.

https://lorena.r7.com/colunista/Thiago-Correa/post/Nova-regra-exige-comprovante-de-vacinacao-e-compromete-transporte-de-Bolsonaro-no-Brasil

https://lorena.r7.com/colunista/Thiago-Correa/post/CoronaVac-e-retirada-da-PNI

https://lorena.r7.com/post/Estudo-revela-que-Omicron-tem-40-menos-chance-de-hospitalizacao 


"A onda de ômicron está aqui e devemos nos proteger", disse o primeiro-ministro.

Neste domingo, também, foram confirmados 4.206 casos da nova variante nas últimas 24 horas, um salto de 195% em comparação com a semana passada. Bennett alerta sobre a capacidade de chegar a 50.000 casos por dia, e insiste na vacinação de adultos e crianças que ainda não foram imunizados.

 

 

Foto destaque: Variante Ômicron. Reprodução/Hipolabor

Deixe um comentário