Celebridades

Isabelle Drummond é acusada de construir igreja em quintal de casa alugada

Isabelle Drummond se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais na madrugada deste sábado (14), após ser acusada de construir uma igreja no quintal de uma casa alugada.

3 min de leitura
14 Ago 2021 - 22h46 | Atulizado em 14 Ago 2021 - 22h46

Isabelle Drummond se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais na madrugada deste sábado (14), após ser acusada de construir uma igreja no quintal de uma casa alugada no Rio de Janeiro sem a autorização da proprietária. Mariana Rocha disse ter sido sua locatária por dois anos e explicou a situação. " Inacreditável. A atriz Isabelle Drummond alugou minha casa por dois anos, construiu uma igreja no meu quintal sem a minha autorização e, pra surpresa minha, me bloqueou nas redes sociais. Por que? Ninguém sabe que ela tem uma igreja evangélica? ", começou.


Postagens de Mariana Rocha expondo a construção irregular (Reprodução / Twitter).


A produtora audiovisual afirmou ter derrubado a construção supostamente feita sem sua permissão, alguns internautas comentaram a situação: “Se fosse uma roda de pagode tu ia reclamar", perguntou um. "Não é uma igreja, é uma célula! Os evangélicos chamam assim", afirmou mais um. "Se ela mexeu na estrutura da sua casa, realmente é errado", opinou outro.

 

A proprietária continuou dizendo que a atriz a bloqueou em suas redes sociais e que só soube da construção através de seu vizinho. "Para minha surpresa, me bloqueou nas redes sociais. Por quê? Ninguém sabe que ela tem uma igreja evangélica?  Pessoal, só eu não sabia porque moro em São Paulo. Meu vizinho no Rio foi quem me falou da igreja. Mas não era segredo. Sendo ela uma pessoa pública, com uma igreja que também recebe abertamente as pessoas, dificilmente seria segredo”, publicou Mariana.

 

Poderosa! Anitta ganhará estátua de cera no Madame Tussauds, museu em Nova York

 

Manu Gavassi é a nova estrela das publicidades, agora com Anacapri

 

Com Covid-19, Silvio Santos tem alta e deixa hospital em São Paulo

 

Segundo o CNPJ, a atriz aparece como diretora da igreja com mais três sócios. A sede da instituição aparece em outro endereço, uma sala comercial na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. A assessoria de imprensa de Isabelle Drummond ainda não se pronunciou sobre a acusação.

 

A atriz Paula Braun defendeu Isabelle no Twitter sem citar seu nome:  "Não entendo mesmo exporem uma pessoa pelo que ela faz em casa, seja rezar ou fazer uma suruba. Se eu fosse a atriz processava a proprietária que fez um exposed de algo que poderia ter resolvido particularmente. E é muito louco a proporção que toma aqui." Em seguida, Mariana Rocha respondeu Paula. "Só a minha família sabe como encontramos a casa, nosso único bem. É fácil falar quando não é conosco. A exposta aqui sou eu, tá?", escreveu a proprietária.

 

Paula ainda retrucou o comentário:  "Mas você tem todo o direito de se chatear e de resolver isso juridicamente via contrato e acordo entre as partes. A partir do momento que você expõe o espetáculo de mídia. Na verdade, o espetáculo de mídia começa a partir do momento que uma celebridade cria uma igreja ”.

 

(Foto destaque: Isabelle Drummond em uma publicidade de marca de relógios. Reprodução / Instagram)

Deixe um comentário