Celebridades

Incêndio na Cinemateca Brasileira: artistas e famosos lamentam a perda do acervo

Um incêndio teria atingido o galpão Cinemateca brasileira em São Paulo, artista e famosos como Leandra Leal, Felipe Neto, Gregorio Duvivier, Tico Santa Cruz, Fabiula Nascimento foram apenas alguns dos milhares de pessoas que se revoltaram.

3 min de leitura
30 Jul 2021 - 13h00 | Atulizado em 30 Jul 2021 - 13h00

Nesta quinta-feira (29), o corpo de bombeiros foi acionado para um incêndio que começou por volta das 18h na rua Othão, 290. Contudo, neste endereço existe um conjunto de galpões, aonde parte do acervo da Cinemateca Brasileira é guardado, no entanto, vale ressaltar, que o incêndio não ocorreu na sede da Cinemateca que fica no bairro Vila Mariana.

 Vários artistas lamentaram o incêndio e o descaso com a história e a cultura que vem se perdendo neste ano. O incêndio teria começado durante uma manutenção de uma empresa terceirizada no ar condicionado em uma sala que fica no primeiro andar do imóvel, ainda de acordo com o Jornal Nacional (JN), no prédio existia gravado 1 milhão de documentos da antiga Embrafilmes, além de roteiros, artigos em papeis, copias de filmes e também documentos antigos, tendo até 100 anos, que seriam usados na montagem do museu sobre o cinema brasileiro.

 Entre os artistas e famosos que se pronunciaram estão Felipe Neto, Gregório Duvivier, Leandra Leal, Leticia Colin, Fabiula Nascimento, e muitos outros expressarão as suas revoltas por meio das redes sociais. 


Felipe Neto e Gregorio Duvivier. (Foto: Reprodução/Twitter)


 Felipe Neto, apresentador e ator: "O incêndio da Cinemateca não é tragédia, não é acidente. É um incêndio causado pela inoperância e vagabundagem do governo federal, através do ministério do turismo.Em 12 de abril, os trabalhadores da Cinemateca AVISARAM que pegaria fogo. ELES AVISARAM COM TODAS AS LETRAS!!!".


Gregório Duvivier, ator: "SEM TRABALHADOR NÃO TEM ACERVO (post de Abril, alertando pro que poderia acontecer com a cinemateca)."


Tico Santa Cruz e Fabiula Nascimento. (Foto: Reprodução/Twitter)


Tico Santo Cruz, cantor: "Uma hora são os dados do CNPq  - Ciência ( pesquisa ). Outro dia - Incêndio na Cinemateca Brasileira ( Cultura ). Alguém duvida que isso tudo seja um projeto de destruição?"

Fabiula Nascimento, atriz: "Todo dia  morre um pouco mais a nossa história. Arrasada. Ano passado fizemos um pedido de misericórdia para que isso não acontecesse novamente. Tragédia anunciada."

https://lorena.r7.com/post/Alvinho-Lima-dos-cofrinhos-de-gesso-ao-sucesso-na-musica

https://lorena.r7.com/post/Luciano-Szafir-fala-apos-alta-hospitalar-A-recuperacao-e-lenta

https://lorena.r7.com/post/Jungkook-do-BTS-faz-pijama-de-R23-mil-esgotar-apos-live


Cinemateca Brasileira pegando fogo (Foto: Reprodução/ Twitter)


 O galpão com parte do acervo Cinemateca Brasileira atingida é da vila Leopoldina em São Paulo, o Ministério público de São Paulo (MPF-SP), em junho de 2020 entrou com uma ação na justiça contra a União por abandono da Cinemateca Brasileira, na qual a promotoria questionava a falta de contrato por parte da instituição. Ainda na ação judicial, a promotoria destaca problemas como exemplo o risco de incêndio, a falta de vigilância, contas atrasadas como luz e água além do atraso no pagamento dos salários. No entanto, a MPF suspendeu ação contra União após o governo federal compromete-se em mostrar as ações implementadas pela preservação do patrimônio no prazo de 45 dias.

 

(Foto destaque: Incêndio na Cinemateca Brasileira: artistas e famosos lamentam a perda do acervo. Reprodução/Twitter)

Deixe um comentário