Money

Gol estende sua parceria com a American Airlines por mais três anos

A parceria entre a Gol Linhas Aéreas e a American Airlanes se estende por mais três anos trazendo novas oportunidades de conexão para seus passageiros.

3 min de leitura
16 Set 2021 - 15h50 | Atulizado em 16 Set 2021 - 15h50

A Gol criou uma maneira de aumentar as oportunidades de viagens entre América do Norte e América do Sul para os passageiros. A linha aérea informou nesta quinta feira dia 15/09 que irá expandir suas operações com a American Airlines pelos próximos três anos o que inclui parceria entre os programas de fidelidade Smiles e AAdvantage.

A American Airlines fará um alto investimento na companhia aérea brasileira, totalizando um capital próprio de US$ 200 milhões, ou R$ 1,05 bilhão fazendo com que essa parceria traga ótimo frutos como a possibilidade de adquirir voos de conexão em ambas as linhas por meio de uma única reserva.

A Gol atende 63 destinos no Brasil e 140 internacionais por meio de acordos de codeshare.

Acreditamos que isso fortalecerá ainda mais a presença da Gol nos mercados internacionais, acelerará nosso crescimento de longo prazo e maximizará o valor para nossos acionistas. Também ratifica a confiança no crescimento da companhia conforme a economia se reabre e a demanda por viagens aumenta”, diz Paulo Kakinoff, administrador, produtor executivo e presidente da GOL Linhas Aéreas.

Esse acordo comercial entre as linhas já existe desde fevereiro de 2020 e vem proporcionando experiências internacionais incríveis para seus passageiros, uma delas é permitir que os clientes se conectem a cerca de 30 destinos nos Estados Unidos. Atualmente a parceria conta com 34 opções de rotas brasileiras e internacionais.


                                     

                                                                      Operações na aeronave da American Airlanes. (Foto: Reprodução/Pixabay)


O valor a ser pago pela American será de US$ 9 por ação, o equivalente a R$ 47,03, valor maior que em 2019 no último semestre antes da pandemia, um período em que todas as companhias aéreas se prejudicaram. O aumento de capital ainda deve ser aprovado pelo Conselho de Administração da empresa.

https://lorena.r7.com/post/Ariana-Grande-tem-casa-invadida-por-homem-armado

https://lorena.r7.com/post/aespa-anuncia-o-primeiro-mini-album-Savage

https://lorena.r7.com/post/Khloe-Kardashian-desabafa-depois-de-ser-barrada-no-Met-Gala

A contribuição da American deverá se somar com os R$2,7 bilhões de capital que a Gol captou no segundo trimestre. "Essa liquidez adicional melhora ainda mais a flexibilidade financeira da Gol, ao mesmo tempo que minimiza a diluição para os acionistas" disse a linha aérea no comunicado sobre a operação.

 

 

Foto destaque: Aeronave Gol linhas aéreas. Divulgação/Instagram.

Deixe um comentário