Ex-jogador da NFL, Phillip Adams mata cinco pessoas e comete suícidio

Publicado 08 de Apr de 2021 às 16:50

Na tarde desta quarta-feira (7), o ex-jogador da NFL (New England Patriots) Phillip Adams matou cinco pessoas e, após o ocorrido, cometeu suícidio na cidade de Rock Hill, na Carolina do Sul - EUA. O atleta tinha 32 anos e atuou pela última vez na NFL em 2015, trabalhando ao lado de Tom Brady, esposo de Gisele Bundchen. Além da NFL, ele também jogou em San Francisco 49ers, New York Jets, Oakland Raiders, Seattle Seahawks e pelo Atlanta Falcons como “defensive back”. Durante sua trajetória, sofreu muitas lesões, entre elas uma fratura no tornozelo do pé esquerdo e uma concussão.

 

Segundo a imprensa americana, as vítimas de Adams foram o médico Robert Lesslie, de 70 anos, a esposa Barbara Lesslie, de 69 anos, dois netos: Adah, de 9 anos e Noah, de 5 anos. Além da família de Robert, James Lewis, de 38 anos, também foi uma das vítimas enquanto trabalhava do lado de fora da casa e uma sexta pessoa que está hospitalizada em estado grave.


Kendall Jenner sofreu ameaça de morte e solicita ordem de restrição

Alessandra Veiga, ex-esposa de Tom Veiga nega suspeita de envenenamento

Luciana Gimenez vence Kajuru na Justiça após ser chamada de ‘garota de programa’


Os motivos do crime ainda estão sob investigações e por isso ainda não foram divulgados, apenas se sabe que Phillip foi tratado por Lesslie no ano passado. Os policiais chegaram ao local do crime por volta das 16h45 e, quando chegaram, orientaram os vizinhos a permanecer em suas casas até que Adams fosse encontrado. Horas depois, o ex-jogador foi encontrado em uma casa próxima. Segundo Trent Faris, porta-voz do gabinete do xerife do condado de York, o crime foi cometido por arma de fogo e os tiros foram dados com uma arma calibre 45.

 

“Encontramos a pessoa que acreditamos ser a responsável e estamos com ela neste momento e isso é tudo que posso dizer sobre o suspeito. O Dr. Lesslie foi meu médico enquanto crescia. É uma daquelas pessoas que todo mundo conhece”, disse Faris. O pai de Phillip Adams disse ao WCNC-TV (Wireless Communications and Networking Conference) que está rezando pelas vítimas e que seu filho era “um garoto bom” e que “o futebol americano o desordenou”.


Phillip Adams - (Foto: Reprodução/GettyImages)


 

(Foto destaque: O ex-jogador de futebol americano Phillips Adams. Reprodução/GettyImages)

Deixe um comentário