Celebridades

Entrevista: Dulce María estrela nova série da Netflix e dá detalhes de sua personagem: 'Ela também é rebelde'

Em entrevista, a atriz mexicana Dulce María falou sobre a experiência de estrelar a 2° temporada de "Falsa Identidade", e as maiores dificuldades enfrentadas.

3 min de leitura
28 Abr 2021 - 21h00 | Atulizado em 28 Abr 2021 - 21h00

Nesta quarta-feira (28), estreou na Netflix, a série “Falsa Identidade”, que tem sua segunda temporada estrelada pela mexicana Dulce María. Em uma coletiva de imprensa, a atriz deu detalhes da sua personagem, Victória, e falou sobre os maiores desafios enfrentados durantes as gravações.

“Para mim desde o início significou um desafio, porque é uma personagem e uma série com um conteúdo diferente. É uma advogada que quer fazer justiça, que perdeu toda a família e sofreu muito. Mas ao mesmo tempo, é uma mulher forte e corajosa”, conta Dulce.

A série retrata conteúdos delicados, como narcotráfico e violência contra a mulher, e com isso, a atriz teve que ter uma preparação intensa para dar vida a advogada. “Tive treinamentos com armas, pois tinha que usar uma pistola. Trabalhei a voz, para deixar mais séria e treinei para não fazer tantos gestos, porque sou muito expressiva, muito feliz, e Victória não. Ela reage mais com seu interior”, diz.


"Falsa Identidade" chega ao catalogo da Netflix. (Reprodução/Telemundo)


Dulce, que sempre será lembrada por sua participação na novela Rebelde, garante que essa personagem é totalmente diferente de tudo que já fez em sua carreira, e que os fãs irão ver um outro lado, bem além do que conheceram com a Roberta Pardo.

“Cada um é diferente e com certeza vão encontrar outra pessoa chamada Victória. Ela também é uma mulher corajosa de uma forma rebelde. Todos nós conhecemos o fenômeno que a Roberta foi e o carinho que ela conquistou. Mas esta é uma personagem numa série muito séria, que toca em outras questões”, afirma.

A mexicana acredita que mostrar essas inúmeras formas de violências na trama, é uma maneira de auxiliar os telespectadores para que se atentem as coisas perigosas que acontecem diariamente: “A informação trará poder. É importante abrir a conversa de coisas tão sérias que acontecem, ao invés de mantê-las secretas ou clandestinas".

"Informar as pessoas do que está acontecendo, ajuda para que elas fiquem mais alertas. Infelizmente, existe o tráfico de pessoas, o narcotráfico, as drogas, a violência contra a mulher e outras coisas terríveis. Então, vai ajudar para que sejamos mais cuidadosos e levantemos nossas vozes. Para mim, ser uma mulher que defende os diretos das mulheres e que não tem medo de ser quem é, será um bom exemplo para quem assiste a série”, completa.


Dulce María dá vida a uma advogada especializada em direitos humanos. (Reprodução/Instagram)


Pandemia

Segundo Dulce, que anunciou a gravidez em junho do ano passado, um dos fatores que mais dificultaram a execução do projeto foi a pandemia. “Comecei a gravar de janeiro a março de 2020. Tínhamos a previsão de finalizar no início de maio. Mas devido à pandemia tivemos que interromper, e voltamos em julho, quando eu já estava grávida. Foi muito interessante, porque tem algumas cenas que gravei sozinha com GreenScreen (fundo verde). Tinha que atuar sozinha e foi um desafio muito grande, pois não tinha o retorno dos meus colegas”, conta.

Após lançar feat com Flay, Mc Mari rebate preconceito no meio musical: 'Tudo o que vem da minoria gera revolta'

https://lorena.r7.com/colunista/Thifany-Fernandes/post/Exclusivo-Flay-fala-sobre-planos-de-carreira-internacional-Sonho-com-o-mercado-latino

https://lorena.r7.com/colunista/Thifany-Fernandes/post/Exclusivo-Lucas-Lucco-fala-sobre-a-chegada-de-seu-primeiro-filho-Explosao-dos-melhores-e-mais-puros-sentimentos 

Preparação para o personagem

Estando à frente de um personagem tão intenso e delicado, Dulce revela como faz para não mesclar sua vida pessoal da ficção: “Eu não fico nem mesmo no celular. Me desconecto da Dulce e entro no meu personagem, me concentrando, lendo as cenas e vivenciando mais a vida dele. Quando você se veste como a personagem, já se sente diferente”. A atriz conta que cria todas as características da personagem para se sentir mais próxima dela: “Gosto de colocar complementos, de pensar qual é a sua cor preferida, de fazer uma bibliografia. Por mais que as pessoas não saibam, eu sei como ela é, os seus segredos e isso me ajuda a me conectar com a personagem. Acho que separo bem”.

Segundo Dulce, Victória foi uma personagem que a trouxe muitos ensinamentos: “Você sempre aprende e carrega um pouco de caráter dos personagens. Ela é uma mulher corajosa, que defende tudo até o fim das circunstâncias. Apesar de todo o mal que lhe aconteceu, de toda a dor, ela renasceu e voltou procurando a justiça de uma forma humana e procurando as coisas boas”. Além disso, a mexicana acredita que ambas carregam semelhanças em suas vidas. “Temos em comum isso de defender o seu, de querer fazer justiça, de acreditar, de apostar tudo nos seus ideais, nos seus sonhos e querer fazer o bem. Victória é uma personagem que não perdeu a fé nas pessoas, que se levantou e continua acreditando na justiça para o bem das pessoas. Nisso nós somos iguais”, pontua.


Dulce María diz ter aprendido muito com sua nova personagem. (Reprodução/Instagram)


Carreiras

Dulce María é uma artista completa, canta, atua e ainda compõe. Durante o papo ela falou sobre as dificuldades que enfrenta ao exercer cada parte de sua carreira. “Todos são desafiadores. A carreira de uma cantora é muito bonita, nos permite estar bem perto das pessoas e ser você mesma. Estar em cima do palco é o que eu mais gosto. É um grande desafio fazer turnês, viajar, viver em um avião e não ter estabilidade”, conta.

Por outro lado, ela afirma que a atuação também carrega seus desafios: “É o contrário, uma rotina que dura muito tempo, de acordar bem cedo, gravar de madrugada, no frio, as vezes fazer as coisas doente e não tem tempo para descansar. É muita disciplina e consistência. Então depende do momento que você está”.

Por fim, a atriz revela que mesmo sendo apaixonada por ambas carreiras, neste momento de sua vida, será mais viável focar em projetos de atuação, tanto por conta de sua bebê, quanto pela pandemia. Mas, Dulce garante que não deixará a música de lado: “Vou continuar a lançar músicas, mas não diria que vou fazer uma turnê agora, porque é algo muito instável. Mas todos sabem que eu amo a música, que é algo que me liga e me aproxima dos fãs, de um jeito sendo mais eu. Estou lançando músicas independentes do meu projeto “Origen”. Além disso, logo uma música nova estará chegando”.

 

(Foto Destaque: Dulce María estrela nova série da Netflix e dá detalhes de sua personagem: “Ela também é Rebelde”. Divulgação/Ari Prensa)

Deixe um comentário